Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
Brasil

Ex-volante do Brasil crê que erros no Mundial podem ajudar Tite e Neymar

terça-feira, 04/06/2019, 16:05 - Atualizado em 04/06/2019, 16:05 - Autor:


Volante da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1998, na França, César Sampaio acredita que a equipe comandada por Tite pode se dar bem na Copa América caso tenha aprendido com os erros cometidos pelo treinador e por Neymar durante o Mundial do ano passado, na Rússia.

Após Neymar ter ficado mundialmente conhecido como “cai-cai” e Tite ter sido bastante criticado por convocar jogadores que não estavam na plenitude de sua forma física, César Sampaio está certo de que o treinador e o craque da Amarelinha têm tudo para se redimirem com o título da Copa América, em casa, no Maracanã.

“O Tite hoje é o melhor treinador brasileiro, estamos bem representados, ainda mais depois do insucesso na Copa, porque, para mim, ficam algumas lições. Na Copa do Mundo não dá para você recuperar atletas durante a competição, toda informação vale ouro. A Bélgica não havia jogado da forma como atuou contra o Brasil, com De Bruyne por dentro, Hazard na ponta esquerda. Com as informações dadas por Tite, o [técnico da Bélgica, Roberto] Martinez teve tempo para treinar e aperfeiçoar um novo modelo que danificou a defesa do Brasil”, comentou César Sampaio durante evento das patrocinadoras da Copa América, Gol e Mastercard.

O volante também opinou sobre como deverá ser a postura de Neymar dentro de campo. De principal esperança para trazer o hexacampeonato, o craque se transformou em bode expiatório pela eliminação do Brasil na Copa do Mundo, assim como Fernandinho. Em meio à uma série de ocorrências graças à acusação de estupro por uma mulher com quem se relacionou, o camisa 10 terá a grande oportunidade de mostrar o quanto as turbulências recentes contribuíram para seu amadurecimento.

“As pessoas pegam muito no pé do Neymar, mais por fatores aleatórios do que propriamente pelo jogo. O futebol tem essa magia, a paixão faz com que você passe por muitas coisas. A gente viu até crianças, memes, foi um negócio que viralizou mundialmente”, disse o ex-volante, se referindo ao fato de ele ter ficado conhecido como um “jogador cai-cai”.

“Mas, isso é um comportamento, um gesto, pequenas ações que fazem toda a diferença. O Neymar tem o mais difícil, que é essa qualidade de resolver os problemas do jogo. O Michael Jordan quando ia para fazer uma bandeja, ele decidia na hora. Ele não sabia o que ia fazer, ia se desvencilhando dos adversários conforme a capacidade, e é isso o que o Neymar tem, essa capacidade de quebrar linhas, iludir o adversário. Estive com o Neymar três vezes e ele sempre me atendeu muito bem, um cara maravilhoso. Algumas coisas que ele faz, alguns comportamentos que ele teve, eu não concordo, mas acho que ele tem a solução. Isso vai fazer muito bem para ele e para o futebol mundial”, completou.

Fonte: Gazeta Esportiva

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS