Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
Brasil

Contra o Flamengo, Corinthians precisa repetir feito raro na temporada

terça-feira, 04/06/2019, 05:20 - Atualizado em 04/06/2019, 05:20 - Autor:


Depois da derrota para o Flamengo por 1 a 0 em plena Arena, pela Copa do Brasil, o Corinthians precisa vencer o jogo de volta no Maracanã por dois ou mais gols, caso queira avançar ainda no tempo normal. Para isso, a equipe de Fábio Carille terá que repetir, nesta terça-feira, um feito que aconteceu somente três vezes na temporada.

O Corinthians venceu seis dos 17 jogos que fez como visitante em 2019. Em apenas três deles, porém, a vantagem foi de mais de um gol de diferença. A primeira delas aconteceu justamente pela terceira fase da Copa do Brasil, contra o Ceará, no Castelão.

Naquela ocasião, o Timão contou com boa atuação ofensiva de seus jogadores de frente e bateu o Vozão por 3 a 1. Os comandados de Carille abriram o placar com Júnior Urso no início do primeiro tempo, mas logo viram o adversário igualar o placar. Na volta do intervalo, o time voltou bem e emplacou a virada com gols de Vagner Love e Jadson.

Se o feito é raro, o atual momento do Corinthians fora de casa é animador para a torcida alvinegra. Isso porque as outras duas vitórias com dois gols de vantagem aconteceram nos últimos jogos da equipe como visitante. Na quinta rodada do Campeonato Brasileiro, o Timão bateu o Athletico-PR por 2 a 0 com gols de Vagner Love e Pedrinho.

Foi também por esse placar que o Corinthians bateu o Deportivo Lara, na Venezuela, pelo jogo de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana. Júnior Urso e Sornoza balançaram as redes.

Todas as outras vitórias do Timão como visitante foram pelo Campeonato Paulista e pelo placar de 1 a 0, contra Palmeiras, Botafogo-SP e Ituano. Como não há mais a regra do gol fora de casa, o Alvinegro não garante a vaga mesmo que vença por um tento de diferença sofrendo gol. Portanto, ainda que faça 2 a 1, por exemplo, a decisão será decidida nos pênaltis.

Fonte: Gazeta Esportiva

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS