Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
Brasil

Daniel Alves seria o responsável por erguer a taça na Rússia

segunda-feira, 03/06/2019, 14:05 - Atualizado em 03/06/2019, 14:05 - Autor:


Durante a convocação dos jogadores brasileiros para a Copa América, Tite avisou que conversaria com Neymar sobre o soco disparado contra um torcedor, na França. No encontro em Teresópolis, onde a Seleção Brasileira se prepara para o torneio continental, o técnico falou com seu camisa 10 e tirou sua braçadeira de capitão.

“Não vou responder porque é muito intima, pessoal minha e dele”, avisou Tite, nessa segunda-feira, ao ser questionado sobre o teor do papo.

Por outro lado, o comandante revelou detalhes da condução do caso, inclusive de como rolou a conversa com Daniel Alves, escolhido para assumir a posição definitiva de capitão do Brasil.

“Quando conversei com Neymar, eu não disse quem eu ia convidar, em quem ia colocar a braçadeira. Não disse a ele. No outro dia, pela parte da manhã, 11h, liguei para o Dani. E disse: ‘Dani, há essa condução, quero o mais rápido possível colocá-la, depois quero conversar contigo pessoalmente. Ele disse: ‘por quê?’ E eu: ‘pela tua trajetória’”, contou. E fez uma revelação.

“No meu sonho, nós disputamos a Copa do Mundo, sendo campeão, era o Dani que ia levantar a taça. Não agora de forma oportuna, porque o cara querer dar para o amigo só para justificar… Ele disse: ‘sei da responsabilidade’. Mas sempre naquela condição e falar pessoalmente. Até por telefone, eu quero por vídeo, para olhar. Foi assim”, concluiu Tite, que na Rússia ainda adotava o rodízio da braçadeira.

Fonte: Gazeta Esportiva

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS