Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
Brasil

Neymar é investigado por divulgar fotos íntimas e pode ser enquadrado em crime

domingo, 02/06/2019, 16:30 - Atualizado em 02/06/2019, 18:43 - Autor:


Após ser acusado de estupro, o atacante Neymar postou em suas redes sociais um vídeo expondo parte das supostas conversas pessoais com a vítima, inclusive com fotos dela nua. Por conta disso, o jogador pode ser enquadrado em crime de informática. A CBF não se posicionou sobre o caso.

Neste domingo, uma viatura da Polícia Civil apareceu na Granja Comary, local onde a Seleção Brasileira está se preparando para a disputa da Copa América, não para falar com o jogador diretamente, mas para buscar informações sobre o caso de divulgação dessas informações, segundo apurado. Depois de a viatura ter ido embora, Neymar chegou com seu helicóptero.

O artigo 218-C do Código Penal detalha sobre isso. “Oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, vender ou expor à venda, distribuir, publicar ou divulgar, por qualquer meio – inclusive por meio de comunicação de massa ou sistema de informática ou telemática -, fotografia, vídeo ou outro registro audiovisual que contenha cena de estupro ou de estupro de vulnerável ou que faça apologia ou induza a sua prática, ou, sem o consentimento da vítima, cena de sexo, nudez ou pornografia”. A pena prevista é de um a cinco anos de cadeia.

Na última sexta-feira, um boletim de ocorrência foi registrado em São Paulo acusando Neymar de estupro. A mulher que fez a denúncia alegou no B.O que o crime teria acontecido na cidade de Paris, na França, no dia 15 de maio deste ano. O pai do atleta negou a acusação, assim como o próprio jogador.

Fonte: Gazeta Esportiva

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS