Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
Brasil

Com gol de Pedrinho, Seleção Olímpica estreia com goleada na França

domingo, 02/06/2019, 15:55 - Atualizado em 02/06/2019, 15:55 - Autor:


Começou – e começou muito bem – a caminhada da Seleção Olímpica no Torneio Maurice Revello, antigo Torneio de Toulon, no Stade de Lattre de Tassigny, na França. Os comandados do estreante André Jardine enfrentaram a Guatemala às 14h (de Brasília) e venceram contundentemente por 4 a 0, com dois gols em cada tempo.

Pedrinho, do Corinthians, Bruno Tabata, do Portimonense, Wendel, do Sporting, e Douglas Luiz, do Girona, foram os autores, nesta ordem, dos tentos. Douglas ainda teve uma oportunidade de longa distância, mas defendida pelo goleiro adversário, assim como Pedro, que chegou a marcar, mas teve impedimento marcado. Na escalação titular, ainda estavam Ivan, Emerson, Murilo, Lyanco, Iago, Matheus Henrique, Antony e Pedro. No segundo tempo, entraram Wendel, Guga, Paulinho e Matheus Cunha.

Com o resultado, a Seleção alcançou a liderança do grupo B, à frente da França (também com três pontos), Qatar e a Guatemala, lanterna da chave. O próximo compromisso dos jovens será contra os franceses no dia 5, quarta-feira, às 14h30 (de Brasília).

O jogo – O relógio apontava 23 minutos e a Seleção Brasileira já estava com o marcador bem favorável. Após boa oportunidade aos 17 minutos pela direita, com finalização de Tabata, o placar foi aberto aos 19 por Pedrinho, jogador do Corinthians. Já aos 23 foi a vez de Tabata, que aproveitou falha do zagueiro e não perdoou.

Depois, os garotos continuaram indo para cima. Mesmo com alguns contra-ataques da Guatemala, as chances mais claras foram do Brasil, principalmente no chute de longa distância de Douglas Luiz, do Girona, que tinha direção certa e foi defendido na última hora, e Pedro, do Fluminense, com voleio tirado em cima da linha pela zaga.

Logo no retorno dos vestiários, o Brasil ampliou o marcador com cabeçada de Pedro, mas o árbitro apitou impedimento do centroavante, então o gol foi anulado. Aos 23, Wendel chutou colocado, mas parou na defesa do goleiro. O segundo tempo ficou marcado por bom ritmo, mas sem as grandes chances vistas na primeira etapa.

O terceiro gol saiu aos 40 minutos, com Wendel, que havia entrado no segundo tempo. Ele recebeu na entrada da área e chutou forte e cruzado de fora da área, marcando um belo gol. No final da partida, após boa jogada de Paulinho, pênalti bem marcado e convertido por Douglas Luiz.

França vence 

Mais cedo, a França venceu o Qatar pelo placar de 2 a 0, com um gol marcado em cada tempo. O primeiro saiu aos 42, marcado por Yann Godart e o segundo veio de pênalti dos pés de Adil Taoui, que atua pelo Toulouse. Ambos os jogadores possuem 17 anos.

O próximo compromisso dos franceses será justamente contra o Brasil, na quarta-feira. Anfitriã do campeonato, a seleção da França é a maior campeã, com 12 títulos. Na sequência, aparecem a Seleção Brasileira, com oito conquistas, Inglaterra, com sete, Portugal e Colômbia, que já venceram em três oportunidades cada.

Fonte: Gazeta Esportiva

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS