Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

Esporte Pará

Ícone do Jiu-jitsu no Pará morre vítima de câncer

segunda-feira, 25/02/2019, 10:58 - Atualizado em 25/02/2019, 11:08 - Autor:


Islander Souza, um dos pioneiros e principais incentivadores do jiu-jitsu no Pará, faleceu na manhã do último sábado (23), em Itabuna, na Bahia. A confirmação foi feita pela esposa do lutador.


Islander fazia tratamento para curar um câncer, mas não resistiu.


O lutador era faixa preta de jiu-jitsu, e em Parauapebas, sudeste paraense, desenvolveu grande parte do ensinamento sobre a arte marcial, lá, ele tinha uma escola que ensinava a modalidade. “O jiu-jitsu salva vidas” era o slogan.


Com 43 anos, Islander se mudou de Parauapebas para Ubaitaba, no sul da Bahia, onde a maioria da família reside. O tratamento dele ocorria em Itabuna, também na Bahia.




Islander foi um grande disseminador da arte de ajudar por meio do jiu-jitsu, de livrar os jovens do sedentarismo, mas também os afastar da criminalidade e das drogas.


“Ele salvou minha vida, eu era sedentário, nem conseguia sequer brincar com meu filho, foi aí que o conheci por meio do jiu-jitsu e minha vida mudou completamente. Sou muito grato ao Islander, perdemos um grande guerreiro, um paizão”, afirmou Thiellis Tinelli, um dos alunos e admirador de Islander.


Pelas redes sociais, dezenas de alunos e amigos pessoais de Islander lamentaram a morte do mestre. Ele deixa esposa e dois filhos menores de idade.


(Com informações do Pebinha de Açúcar)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS