Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

Esporte Pará

Paysandu segue treinando com 'privacidade' para tentar arrumar o time

sábado, 09/02/2019, 10:46 - Atualizado em 09/02/2019, 12:43 - Autor:


Mistério total na Curuzu. Depois de mais de dez dias de treinamentos, na véspera do jogo contra o Castanhal, o técnico João Brigatti resolveu fechar os portões para torcida e imprensa. Na última atividade aberta, quinta-feira, estava tudo programado para o Centro de Instruções Almirante Braz de Aguiar (Ciaba), mas foi transferida para o estádio bicolor, mais uma vez, por causa da forte chuva que caiu em Belém. Os atletas foram divididos em grupos que trabalhavam alternadamente, sob comandado do preparador físico Fred Pozzebon.


Hoje, depois do treino privado, os próprios jogadores garantiram que nem eles tinham ainda a definição de como o time irá começar a partida em Castanhal. Alguns nomes são dados como certos, como o do zagueiro Perema, do volante Marcos Antônio e do centroavante Paulo Rangel. A formação titular só deve ser confirmada por João Brigatti momentos antes da partida.


“Não tenho maiores definições da equipe, pois ainda teremos mais um treino. O professor fez vários trabalhos com uma equipe durante a semana, mas temos que esperar essa definição”, confirmou o meia Nicholas, que deu pistas sobre as intenções desses treinos de Brigatti.


“Ele está tentando ajustar as linhas ofensivas e defensivas, melhorar a saída de bola. Tivemos bastante tempo para tentar acertar os erros apresentados no último jogo. Foram duas vitórias, mas temos muito a melhorar e errar menos”, considera o atleta bicolor.



CLÁSSICO: venda de ingressos para o Re-Pa começa hoje


Amanhã o Paysandu encara o Castanhal na primeira partida do time fora da Curuzu no Campeonato Paraense, mas a diretoria do clube já começa a pensar mais adiante, no Re-Pa de daqui a uma semana. A partir de hoje, o clube inicia as vendas de ingressos para o clássico do dia 17. Em comum acordo, os rivais acertaram que a arquibancada custará R$ 40 e a cadeira R$ 60.


Os bicolores terão direito antecipadamente a 10 mil ingressos, já que por enquanto o Mangueirão está liberado para apenas 22 mil torcedores. Se o estádio for liberado para 35 mil pagantes, a carga destinada a cada clube aumentará para 17,5 mil.


As meias serão vendidas pelo site oficial do Paysandu, no dia 14, às 18 horas, com a retirada do bilhete no dia seguinte, no ginásio Moura Carvalho, das 13 horas às 17 horas. Já a entrega de ingressos para idosos será no dia 15, na Sede Social da Avenida Nazaré, das 8h30 às 10h30. Os ingressos para deficientes físicos serão entregues e distribuídos pela Associação Paraense das Pessoas com Deficiência (APPD).


(Tylon Maués/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS