Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

Esporte Pará

Titularidade na 'meiuca’ bicolor está acirrada

terça-feira, 29/01/2019, 09:15 - Atualizado em 29/01/2019, 09:15 - Autor:


A temporada só está no começo, com o Paysandu tendo feito até aqui apenas dois dos 10 jogos que tem na primeira fase do Parazão, primeira das quatro competições oficiais do clube no ano, e a briga por uma vaga no meio de campo do time já se anuncia acirrada. A posição mais cobiçada, pelo menos de momento, parece ser a de apoiador, embora seja uma das com menor número de contratados. O técnico João Brigatti dispõe de cinco atletas, três deles trazidos no final do ano passado para a Curuzu. Os outros são um remanescente do elenco de 2018 e outro recém-promovido da categoria de base.


Os meias Alan Calbergue, Leandro Lima e, por último Marcos Antônio, que também diz jogar de volante, posição em que aparece na página do clube na internet, largaram na frente, enquanto Thiago Primão, principal investimento bicolor este ano até aqui, teve de esperar por sua regularização, saindo, portanto, em desvantagem em relação aos concorrentes. O outro meia é Victor Diniz, vindo do sub-17 do próprio Papão. Em sua estreia, Calbergue marcou dois gols na vitória sobre o São Francisco (4 a 1), encantando pelo bom futebol apresentado na partida.


Marcos Antônio não deixou por menos e, no último domingo, entrou no decorrer do duelo para marcar o gol da vitória sobre o Bragantino (2 a 1), quando a equipe passava por dificuldade. Foi o primeiro gol dele com a camisa bicolor, justamente no dia de sua estreia. Embora não tenha marcado gol, Leandro, por sua vez, cumpriu bem o papel de armador, tanto que se manteve como titular nas duas partidas inaugurais do time e, tudo indica, não deve, em princípio, deixar o time para o jogo de domingo (10), contra o Castanhal, na Cidade Modelo.


THIAGO PRIMÃO


Mesmo tendo contra si a demora em sua regularização, em função do atraso no envio da documentação pelo Riga, da Letônia, onde vinha atuando, Thiago Primão é apontado como nome certo já para o próximo jogo da equipe bicolor, embora Brigatti não tenha adiantado nada sobre a estreia do atleta no “Modelão”. Condicionamento físico e até entrosamento não deverá ser problema para o apoiador paranaense. Desde que chegou à Curuzu, Primão vem treinando com o elenco, estando, portanto, no mesmo grau de condicionamento dos companheiros.


Enquanto os meias travam uma disputa que promete ser cada vez mais intensa, a medida que o Estadual for se desenrolando, o outro jogador do setor, o volante Jhony Douglas, parece absoluto como titular, tendo feito as duas partidas do time sem ser incomodado pelo treinador bicolor.


Aqui você vai encontrar materiais esportivos de todas as marcas. Camisas de grandes clubes nacionais e internacionais. Acesse e confira!


Mas o time ainda tem muito a evoluir 


Embora o time se mantenha invicto no Parazão, com duas vitórias seguidas e, consequentemente, 100% de aproveitamento, o técnico João Brigatti acredita que o Paysandu ainda está em construção para a sequência do Parazão. Na partida passada, por exemplo, o treinador criticou sua equipe por, segundo ele, “entrar no jogo do adversário”. O erro crucial apontado pelo treinador foi o fato de o Papão ter explorado, indevidamente, os lançamentos de longa distância quando esteve no ataque.


“Nós fizemos o jogo que o Bragantino estava querendo”, disparou Brigatti. “Saímos de 1 a 0 e poderíamos ter só tocado a bola e não ter forçado tanto o jogo, só que quando nós pegávamos a bola, principalmente na nossa defesa, o que fazíamos? Essa bola longa na frente. Eles ganhavam, vinham no contra-ataque e levavam muito perigo para nós”, prosseguiu o treinador.


(Nildo Lima/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS