Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


24°
R$

Esporte / Esporte Pará

Esporte Pará

Jayme assina com o Boa Esporte; Tsunami, ex-Remo, também fecha com o clube

segunda-feira, 10/12/2018, 08:20 - Atualizado em 10/12/2018, 08:20 - Autor:


Autor do gol contra o Salgueiro-PE que sacramentou a fuga azulina contra o rebaixamento para a Série D, o atacante Jayme, de 25 anos, entrou em acordo com a diretoria do Remo e as duas partes conseguiram o que queriam: o jogador deixou o clube que, de sua parte, não queria mais a permanência do atleta. Jayme já acertou seu destino em 2019. Ele vai defender o Boa Esporte-MG, que caiu para a terceira divisão e pode até ser adversário azulino no Campeonato Brasileiro.


“Liberamos o Jayme e ele já está no Boa Esporte-MG, onde nós desejamos muita sorte a ele”, disse o diretor de futebol azulino, Dirson Medeiros, que reiterou a necessidade de se encontrar outro jogador para a posição. “Estamos atrás de um atacante e mais algum jogador que possa ter destaque no Remo. O mercado está muito agitado e isso favorece na busca por um bom jogador”.


Cria da base azulina, Jayme teve uma temporada de altos e baixos. Ele disputou a Segundinha do Campeonato Paraense pela Tuna Luso. Além da parte técnica, o salário de Jayme teria pesado na atual política do clube de contenção de despesas.


De acordo com o presidente Fábio Bentes, a busca por mais reforços continua e não deve terminar após a apresentação do elenco nesta quarta-feira (12), mas tudo dentro de um teto salarial já anunciado. “O projeto continua sendo com a folha estipulada. Quem foi contratado é dentro de nossa realidade e estamos mantendo nosso objetivo, que é trazer jogadores de qualidade a um baixo custo”.


Segundo Bentes, um centroavante continua sendo prioridade. Mas, ele admite que não está sendo nada fácil encontrar esse “homem gol” que venha ser a atração que atrai mais a torcida. “O centroavante está sendo negociado com alguns nomes, mas não podemos precisar a data de chegada desse jogador. É uma posição carente no futebol brasileiro e tudo está sendo feito com cuidado. Estamos procurando um que caiba no bolso do Remo e em breve será contratado”, explicou o presidente azulino. 



Jayme e Tsunami já estão em Varginha (MG). (Foto: Reprodução)


MAIS UM


Tsunami, formado também nas categorias de base do Remo, assinou com o time do Boa Esporte. Ele deixou o Leão no fim de 2017, e foi para o Rio Claro. Em abril deste ano foi transferido para o Tubarão.


(Tylon Maués/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS