Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

Esporte Pará

Águia deve fazer contas para tentar classificar

segunda-feira, 01/10/2012, 03:21 - Atualizado em 01/10/2012, 03:21 - Autor:


Depois do empate com o Paysandu em casa, no último sábado, o Águia de Marabá foca suas atenções para o Salgueiro, o próximo adversário no Campeonato Brasileiro. O jogo será no estádio Comélio de Barros. E junto com ele, vêm dois desafios: recuperar os dois pontos perdidos para o Papão e, enfim, conseguir a tão desejada primeira vitória fora de casa, que na competição desse ano ainda não veio. “Ainda dependemos de nós. Mas, eu e todo o nosso elenco, temos consciência de que deveríamos ter feito nosso dever de casa para estarmos mais tranquilos”, afirmou João Galvão. “Era para termos saído com a vitória. Agora, mais do que nunca, precisamos de uma vitória fora de casa”, planeja o chefe da comissão técnica do Azulão.


Restando apenas mais quatro rodadas, o ciclo da primeira fase vai se fechando. São mais 12 pontos em disputa. Metade deles no Zinho de Oliveira e a outra metade em lares longes de Marabá. Se conseguir fazer o dever de casa nos jogos dentro e voltar com mais três pontos em pelo menos uma das jogadas fora, o time do João Galvão chegaria a 26 pontos e estaria próximo da classificação. Isso, na teoria. Na prática, é muito mais difícil.


“Todo mundo, tirando Fortaleza e Luverdense, está brigando por essas duas vagas restantes. Então, vai ser uma guerra. Cada vez mais é ter mais atenção e foco em todos os jogos restantes”, destaca o treinador. E o Salgueiro, que é rival direto por um dessas duas últimas vagas, é o desafiante da vez. Com 18 pontos (um a mais que os aguianos), os pernambucanos estão em quarto lugar na tabela. “Não tem adversário fácil. O Guarany de Sobral era o lanterna da competição e mostrou uma força giganta contra a gente”, lembrou Galvão, sobre a última derrota fora de casa. “Com o Salgueiro também não será diferente. Eles querer entrar também”, finaliza. A representação da equipe acontece hoje em mais um trabalho regenerativo sob o comando do preparador físico Roberto Ramalho.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS