Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

Esporte Pará

Mesmo com o Mangueirão lotado, Remo é eliminado

domingo, 09/09/2012, 18:30 - Atualizado em 09/09/2012, 18:35 - Autor:


O Remo venceu o Mixto-MT, por 2 a 1, na tarde deste domingo (9), no Estádio Mangueirão.  Mesmo com a vitória, o Leão está eliminado do Campeonato Brasileiro da Série D, já que perdeu a primeira partida para equipe do Mato Grosso por 2 a 0, em Cuiabá. Com isso, os remistas precisavam vencer por três gols de diferença para conquistar uma vaga nas quartas de final.


A torcida do Leão fez a sua parte e lotou o Mangueirão. Quase 30 mil torcedores empurraram o time azulino rumo à classificação. Logo aos dois minutos do primeiro tempo, o Remo abriu o placar com o zagueiro Raphael Andrade que acertou uma bela cabeçada, após cobrança de falta do lateral Dida.


O gol animou os azulinos que foram para cima, mas não conseguiram ampliar o marcador. O Leão voltou a marcar somente aos 22 minutos da etapa derradeira, depois que Fábio Oliveira acreditou na jogada e cruzou da direita na cabeça de Ratinho que não desperdiçou. Quando todos acreditavam que o Remo pudesse marcar o terceiro ou segurar os 2 a 0 para levar a decisão da vaga para os pênaltis, o Mixto saiu rapidamente para o contra ataque com o perigoso Nonato, que recebeu na esquerda e cruzou para área, a bola passou de Gustavo e Ygor apareceu livre para diminuir o placar, aos 34 minutos.


O Remo sentiu o gol adversário e não conseguiu chegar com tanta objetividade ao ataque. Com isso, o tempo se passou e o Mixto saiu de Belém classificado para a próxima etapa da competição. A torcida do Leão não se conteve e atirou diversos objetos na saída das duas equipes para os vestiários. Assim como em 2010, quando foi eliminado dentro do Mangueirão para o Vila Aurora, agora em 2012, o Remo foi desclassificado da Série D, por uma equipe do Mato Grosso. 


FICHA TÉCNICA


Remo: Gustavo; Dida, Raphael Andrade, Ávalos e Tiago Cametá; André (Jonnathan), Laionel, Alceu (Marcelo Maciel) e Ratinho (Reis); Cassiano e Fábio Oliveira. Técnico: Marcelo Veiga 


Mixto: Perereca; Ley (Yuri), Kal, Cris e Julian; Cléber, Kiko, Paulo Almeida e Robinho (Juliano César); Nonato e Furlan (Ygor). Técnico: Everton Goiano 


Árbitro: Rodrigo Batista Raposa – DF


Assistentes: José do Nascimento Júnior – DF e Luciano Benevides de Sousa – DF


Quarto Árbitro: Andrey da Silva e Silva – PA


Local: Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão


Público Pagante: 23.273


Credenciados: 3.108


Público Total: 26.381


Renda: R$ 316.697,00


(Fábio Relvas/DOL)


 


 


 


 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS