Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$
CHUVA E TACACÁ

Volante fala de adaptação e expectativa para Tuna e Paysandu

Arthur ainda não provou comidas típicas da região, mas já sabe sobre tacacá e açaí. Ele também comentou sobre a chuva e o clássico diante do Papão

terça-feira, 06/04/2021, 23:37 - Atualizado em 06/04/2021, 23:37 - Autor: Kaio Rodrigues/DOL


Arthur já tem tem recomendações para provar o tacacá e o açaí
Arthur já tem tem recomendações para provar o tacacá e o açaí | Matheus Vieira / Tuna Luso

Tuna e Paysandu irão se enfrentar pelo Parzão 2021 na próxima sexta-feira (9), às 17h, na Curuzu, em Belém. O mais legal do clássico é que as equipes voltam a se enfrentar após oito anos. O último confronto ocorreu no dia 23 de março de 2013 e terminou empatado.

Um dos destaques da Tuna na competição é volante Arthur, de 29 anos, que falou sobre o convite para vir jogar no futebol no Pará e sobre a adaptação.

"Eu não conhecia o futebol do Norte. É a primeira vez que venho para essa região. Porém, não é todo dia que você recebe um convite para jogar em um clube bicampeão brasileiro. Na mesma hora que soube já me animei para vir para cá.  Minha adaptação está sendo tranquila. Ainda não comecei a experimentar as comidas, mas os amigos já me falaram sobre o tacacá, do açaí que é diferente com o que tem no Rio de Janeiro. Vou experimentar em breve. O que mais estranhei é que está um sol forte e do nada vem uma chuva. Mas a gente acostuma".

 

Arthur vem sendo um dos principais destaques da Tuna nesse início de temporada.
Arthur vem sendo um dos principais destaques da Tuna nesse início de temporada. Matheus Vieira / Tuna Luso
 


A Tuna conseguiu a primeira vitória na competição no último sábado  (3), diante do Paragominas e assumiu a vice-liderança do Grupo B com 5 pontos. Arthur comentou sobre a expectativa e preparação que a Lusa vem fazendo durante os dias que antecedem a partida diante do Paysandu.

"Sabemos que clássico é clássico e que não devemos falar muito antes do jogo, mas o nosso elenco está se fortalecendo", garante. "Nosso entrosamento melhorou e estamos criando a nossa identidade. Temos nossa postura defensiva e ofensiva. Estamos trabalhando para alcançar o objetivo da Tuna que é chegar na final. Estamos treinando forte e estudando o adversário para saber o que podemos fazer para surpreender na casa deles. Vamos ouvir o professor para que a gente possa suportar as qualidades e atacar a fragilidade deles. É o que estamos treinando. Esperamos fazer um bom jogo e sair com a vitória".

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS