Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
GALO TÁ ELÉTRICO!

Independente vence Gavião Kyikatejê e lidera Grupo C do Parazão

Com vitória de 2 a 0, Galo assume a liderança do Grupo C do Parazão

segunda-feira, 15/03/2021, 08:56 - Atualizado em 15/03/2021, 09:24 - Autor: Nildo Lima/Diário do Pará


Imagem ilustrativa da notícia Independente vence Gavião Kyikatejê e lidera Grupo C do Parazão
| Divulgação/Independente

No único jogo da tarde, fechando a terceira rodada do Parazão, disputado, ontem, no estádio Zinho Oliveira, em Marabá, o Independente, indiferente ao fato de jogar fora de casa, não tomou conhecimento do Gavião Kyikatejê e aplicou 2 a 0 em cima da equipe dos índios. Com a vitória, o Galo Elétrico retornou para Tucuruí levando na bagagem mais três pontos, que lhe asseguraram a liderança do Grupo C da competição, somando sete pontos. Já o Gavião segue sua rotina de não vencer, acumulando, agora, três derrotas na disputa e, portanto, zero ponto.

Na próxima rodada, que não tem dia certo para acontecer, Gavião e Galo enfrentarão Águia e Bragantino, dentro e fora de seus domínios, respectivamente.

O Galo abriu o placar aos 12 minutos do primeiro tempo por intermédio de Raílson cobrando pênalti. A equipe da Terra da Energia era superior, dominando o setor de meio de campo, partindo sempre em velocidade para o ataque e fugindo com facilidade à marcação da defesa do time adversário, que tinha dificuldade na criação das jogadas de ataque, assim como na organização de sua defesa.

Superior, o Galo aumentou a vantagem na segunda etapa, garantindo mais três pontos na competição. O segundo tento do jogo foi anotado aos 11 minutos desta vez em lance de bola rolando. Danrlei, em jogada de contra-ataque, ampliou o marcador, mesmo tendo um jogador a menos - Rafael Vioto, que já tinha cartão amarelo, recebeu vermelho e foi mais cedo para o vestiário. A partida foi arbitrada por Danilo Lopes Viana, auxiliado por Fabrício Souza Silva e José Maria Pereira Barbosa.

O zagueiro do Gavião, Max Melo, lamentou o resultado e criticou o primeiro gol do adversário. “Infelizmente o juiz viu um pênalti que não existiu. Isso prejudicou nosso time”, avaliou.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS