Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
PROVA DE FOGO

Remo e Bragantino se enfrentam nesta tarde no Diogão, em Bragança

O jogo promete ser muito mais parelho do que a estreia, com o time de Bragança também vindo de uma vitória

sexta-feira, 05/03/2021, 07:41 - Atualizado em 05/03/2021, 10:23 - Autor: Matheus Miranda/Diário do Pará


Imagem ilustrativa da notícia Remo e Bragantino se enfrentam nesta tarde no Diogão, em Bragança
| Divulgação/ Clube do Remo

Depois do belo resultado conquistado diante do Gavião Kyikatejê, na última segunda-feira (1), por 4 a 1, nesta tarde (5), às 15h, o Clube do Remo vai tentar confirmar em campo que a goleada construída no jogo passado não foi por acaso, mas, sim, oriunda da qualidade do novo grupo de jogadores que está sendo montado. E o teste desta vez vai ser parelho, isso porque, nesta segunda rodada do Campeonato Paraense, o Leão Azul vai até Bragança para enfrentar o Bragantino, no estádio Diogão, um rival mais casca grossa do que o anterior. As duas equipes são líderes dos respectivos grupos: Remo na chave B e o Tubarão na chave A. Dessa maneira, um triunfo deixará os times ainda mais confortáveis na ponta da tabela neste começo de competição.

No caso azulino, além do foco nos três pontos, trata-se de mais uma chance para que os recém-chegados adquiram ‘minutagem’ para uma avaliação ainda mais completa. De acordo com o técnico Paulo Bonamigo, a expectativa é que a onzena que entrou jogando na estreia do Parazão seja mantida, mas com mexidas mais significativas no decorrer da partida, visto que o volante Lucas Siqueira e o meia-armador Renan Oliveira devem aparecer em campo e são dois jogadores que, em princípio, serão titulares na temporada.

O comandante enalteceu o ritmo de entrosamento do time, que deve ser ainda mais intenso nesta tarde. “Dentro do que trabalhamos dos nossos conceitos, eles se adaptaram muito rápido. A circulação de bola ficou muito rápida, a saída de trás com uma qualidade de passe muito boa para se ter uma transição ofensiva. É continuar trabalhando. Temos que melhorar o nosso nível para conseguir vencer”, comentou Bonamigo.

Apesar de uma base, Paulo Bonamigo tem batido na tecla sobre observações nos atletas do plantel, tanto com os novatos que chegam já para serem referencial para a segunda divisão quanto os jovens da base, que têm tido espaço importante nessa virada de temporada 2020/21. “Acho que tu tens que criar alternativas, não pode criar dependência. Todos os jogadores são importantes dentro do Remo, não podemos criar dependência de A, B ou C. Futebol é isso. A gente tem que pensar como uma equipe, que todos são iguais, para que a produtividade seja, nesse momento, o referencial dessa equipe”, destacou.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS