Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
LUTO

Lúcia Couceiro, primeira conselheira do Paysandu, morre em São Paulo

Lúcia Maria Valério Couceiro esteve à frente do Condel bicolor por muitos anos e deixou seu legado

terça-feira, 02/03/2021, 10:07 - Atualizado em 02/03/2021, 10:15 - Autor: Diário Online


Imagem ilustrativa da notícia Lúcia Couceiro, primeira conselheira do Paysandu, morre em São Paulo
| Reprodução

O esporte paraense sofreu uma grande perda no último final de semana. Lúcia Maria Valério Couceiro, a primeira mulher conselheira eleita na história do Paysandu Sport Club, estava internada no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, mas não resistiu após falência múltipla dos órgãos, aos 73 anos. 

Filha do ex-presidente bicolor Waldemar Valério, Lúcia também era esposa do ex-presidente e grande benemérito Antônio Couceiro, e mãe do ex-presidente, benemérito e atual presidente do Conselho Deliberativo, Tony Couceiro, e do membro nato e ex-presidente do Conselho Deliberativo, Leopoldo Couceiro.

Além de sócia-proprietária e sócia-torcedora, Lúcia Couceiro esteve à frente de diversos posicionamentos e decisões do Papão por décadas. “Talvez ninguém consiga se igualar a ela num aspecto em que mostra que ela foi ligada ao Paysandu por toda sua vida. Era uma mulher à frente de seu tempo. Tinha quatro cursos superiores, mas sua paixão, fora o Paysandu, era a música. Foi pianista e professora da UFPA e UEPA”, disse o filho, Tony Couceiro.

Por meio de nota, a Mesa Diretora e os demais integrantes do Conselho Deliberativo do Paysandu lamentaram profundamente o falecimento de Lúcia Couceiro e decretou luto oficial de três dias, a partir da última segunda-feira (1º). Durante esse período, as bandeiras do clube afixadas no Estádio da Curuzu e Sede social ficarão a meio mastro. 

 

 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS