Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
DIA DE LEÃO

Remo estreia no Parazão 2021 contra o Gavião Kyikatejê no Baenão

Na Série B do Brasileiro, objetivo é alcançar hegemonia no futebol local.

segunda-feira, 01/03/2021, 07:07 - Atualizado em 01/03/2021, 07:35 - Autor: Matheus MIranda


Imagem ilustrativa da notícia Remo estreia no Parazão 2021 contra o Gavião Kyikatejê no Baenão
| Samara Miranda/Ascom Remo

Após um final de temporada de 2020 agitado, com presença em finais de campeonatos e um gosto amargo relativo à ausência de um título para coroar a boa caminha, o Clube do Remo quer demonstrar que todo o aprendizado foi assimilado nesta noite, às 19h, em sua estreia pelo Campeonato Paraense 2021.

O duelo remista será contra o Gavião Kyikatejê, no encerramento da primeira rodada do certame, no estádio Baenão, em Belém. A partida marcará o retorno da utilização do alçapão azul marinho em jogos noturnos, algo que o Leão espera ter como trunfo para o embate.

Além do estádio apto para partidas oficiais, o treinador Paulo Bonamigo terá a grande oportunidade de fazer uma avaliação mais profunda dos jogadores recém-chegados ao grupo de atletas e que vão fazer a primeira atuação pelo clube. Dentre eles, os volantes Jefferson Lima e Anderson Uchôa, ao lado do atacante Renan Gorne, que devem marcar presença logo no time titular.

Regularizados e integrados ao elenco profissional desde o mês passado, a expectativa é que os novatos, ao lado dos remanescentes, deem um bom caldo coletivo no gramado, após a oscilação e falta de regularidade da equipe durante a Copa Verde 2020. O comandante, dessa maneira, deu o seu parecer do que aguarda logo mais.

“Sempre o primeiro jogo, as análises de desempenho têm uma dificuldade muito grande de pegar informações, mas a gente sabe que (o Gavião) subiu com muito mérito, disputando com a Tuna Luso o título da Segundona. Neste momento, a gente sempre fala do comportamento em ter total respeito, mas sempre é o nosso foco, a nossa concentração e o nosso trabalho que tem que ser bem proveitosos para fazer um bom campeonato e conquistar a hegemonia no futebol paraense”, destaca o treinador.

NOVO TIME

O Clube do Remo deve apresentar um novo time para o duelo de hoje, com estreias e mudanças, o que pode alterar o sistema tático, até então enraizado na equipe. O comandante tratou de explicar possíveis novidades para o decorrer deste ano.

“Estamos nos reconstruindo, principalmente do meio para frente, porque perdemos muitos jogadores e chegaram novos jogadores. Vamos o mais rápido possível mostrar as ideias e conceitos de jogo. Procurar crescer dentro do próprio campeonato. Aquela rapaziada que tiver oportunidade de começo, aproveitar. Estrategicamente procurar uma formatação, talvez até de uma plataforma diferente de jogo, para que a gente tenha uma rápida assimilação e entrosamento”, explica.

PROJETO 2021

Focados em participar de todas as decisões de campeonato durante a temporada 2021, como aconteceu na temporada 2020, a comissão técnica e diretoria de futebol do Clube do Remo apostam no talento e qualidade técnica dos novos contratados.

O volante Jefferson Lima, de 24 anos, é um deles, e chega com moral ao grupo de jogadores após bom desempenho pelo Confiança-SE, em 2020. Apresentado oficialmente no sábado passado (27), o cabeça de área já está regularizado e se diz com vontade de contribuir por uma vitória na estreia da equipe no Parazão deste ano. “Estou me preparando. Estamos na segunda semana de treinos, mas se o professor precisar, vou estar à disposição, sim, para dar o meu melhor e ajudar o Remo”, garante.

Com a ausência de Lucas Siqueira nesta primeira rodada por causa de uma ‘mini-férias’ após participação intensa nos jogos passados da equipe, a tendência é que Jefferson Lima ocupe a vaga do capitão neste momento, até pela característica similar no gramado. “Sou segundo volante, que sai mais para o jogo, que chega na área e tem essa boa chegada. Tenho certeza que vou fazer de tudo para ajudar bastante”, destaca Lima.

Prestes a ter a primeira experiência em jogos na região Norte, o jogador comentou estar ciente do que irá encontrar pela frente. “Quando cheguei me informaram isso, que os campos são pesados, que chove bastante aqui. Estou me preparando bastante no dia a dia, bem psicologicamente e fisicamente para chegar nos jogos e corresponder à altura e ajudar o Remo”.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS