Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$
TRI VICE-CAMPEÃO

Os prejuízos do Remo ao ser apenas vice na Copa Verde 2020

Em 2020, o Leão conquistou mesmo só o acesso para a Série B

quinta-feira, 25/02/2021, 08:43 - Atualizado em 25/02/2021, 08:42 - Autor: Diário Online


Leão perdeu nos pênaltis para os brasilienses em pleno Mangueirão
Leão perdeu nos pênaltis para os brasilienses em pleno Mangueirão | Wagner Santana/ Diário do Pará

O fim da temporada 2020 do Clube do Remo poderia ser melhor, após o revés na Copa Verde. Apesar do principal objetivo da equipe ter sido atingido, o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro de 2021, o tri vice-campeonato do Leão Azul, é a grande bronca. No duelo de ontem, os remistas saíram a contar os prejuízos: sem um troféu inédito e sem um cheque futuro de R$ 1,5 milhão oriundo da classificação direta à terceira fase da Copa do Brasil, como grande premiação do certame, além das medalhas e do prestígio com o título que não veio.

O objetivo em dar rodagem para a garotada da base que está em transição, acabou sendo um tiro pela culatra, só que nesse caso não necessariamente em cima dos jovens, mas nas escolhas dos jogadores que renovaram e que devem fazer parte da base azulina para o decorrer do ano: zagueiros limitados, atacantes sem faro de gol e poucas peças de reposição para um fluxo no meio-campo.

BRASILIENSE

Quem não quer nem saber desses problemas é o Brasiliense-DF, que garantiu fora de casa, o título inédito da Copa Verde, ao vencer os azulinos nas penalidades máximas. O centroavante Zé Love, autor do único tento do Jacaré na partida durante o tempo normal, comemorou nas suas redes sociais. “Campeão da Copa Verde. Obrigado, meu Deus, por me abençoar com essa conquista com gol na final. Brasiliense campeão!”, celebrou.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS