Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

DEVER DE CASA

Remo quer fazer dever de casa e garantir vaga na final

Leão Azul se prepara para o jogo contra o Manaus-AM

quarta-feira, 17/02/2021, 08:28 - Atualizado em 17/02/2021, 08:28 - Autor: Matheus Miranda / Diário do Pará


Time decide amanhã, em casa, a vaga para a final da Copa Verde 2020
Time decide amanhã, em casa, a vaga para a final da Copa Verde 2020 | Samara Miranda / Remo

O Clube do Remo joga, amanhã (18) à tarde, no estádio Mangueirão, em Belém, por uma vitória simples para garantir nova vaga em uma decisão de campeonato em competições válidas pela temporada 2020, desta vez pela Copa Verde, a qual o Leão Azul ainda não possui títulos. Por isso, o grupo de jogadores tem batido forte no argumento de fazer o dever de casa e não dar brechas para que o Manaus-AM, adversário da semifinal do certame, atrapalhe os objetivos da equipe na busca do resultado positivo e da classificação para a final. Em caso de novo empate, as duas equipes irão decidir nas penalidades máximas o avanço de etapa, algo descartado pelos profissionais, mesmo com o pouco tempo de treinamento do último encontro entre as agremiações para cá.

Com a reapresentação ontem, no estádio Baenão, os atletas não tiveram tempo longo para descanso e treinamentos para este compromisso decisivo da Copa Verde. Mas isso não é desculpa para os profissionais, que reiteraram disposição para entrar em campo e serem dominantes, só que dessa vez com o capricho mais certeiro. “O placar de 1 a 1 (do primeiro jogo) deixou em aberto. Sabemos que vai ser um jogo difícil, conseguimos arrancar um empate mesmo jogando bem. Agora é fazer o dever de casa. Em casa somos uma equipe forte”, destacou o lateral-direito Wellington Silva. “Manter a humildade com os pés no chão e fazer o dever de casa para conseguir a classificação”, acrescenta.

Com 100% de aproveitamento como mandante nesta Copa Verde, com duas vitórias em dois jogos, sobre o Gama-DF e Independente, Wellington Silva também abordou o mando como determinante para o otimismo coletivo em arrancar um triunfo. “A gente tem que se impor. Estamos em casa, respeitando, claro, o time deles, que é um time bom e não à toa está na semifinal, mas a gente tem que se impor e mostrar o fator casa”, acentua o ala.

Na tentativa de ajudar a equipe a minimizar erros que foram apresentados no desenrolar dos 90 minutos da semifinal, que comprometeu a vantagem para o duelo da volta, o lateral-esquerdo ponderou confiança no grupo. “Nossa equipe está bem treinada e qualificada para chegar lá e fazer um bom jogo para sair com a classificação”, pontua.


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS