Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
COPA VERDE

Remo precisa melhorar e ter nova postura para as semifinais 

Promessa é de nova postura para as semifinais

terça-feira, 09/02/2021, 09:00 - Atualizado em 09/02/2021, 10:40 - Autor: Tylon Maués/ Diário do Pará


Time se classificou contra o Independente, mas o futebol apresentado foi pífio
Time se classificou contra o Independente, mas o futebol apresentado foi pífio | Divulgação/ Lindoberto Filho

Vivo na última competição válida pela edição 2020 do calendário oficial de futebol, o Clube do Remo credenciou-se para brigar por mais um título nesse começo de 2021, o da Copa Verde, após a classificação contra o Independente, no domingo passado (7). O problema é que o time deixou a desejar demais durante esse avanço às semifinais, ao perder no tempo normal por 3 a 1 e precisar das cobranças de pênalti para passar de fase.

Mesmo com o êxito nas cobranças, o técnico interino Netão, destacou que a postura do time precisa mudar se o time quiser fazer frente ao Manaus-AM, adversário da semifinal, e garantir vaga na grande decisão do torneio regional. “Acredito que não nos concentramos para o jogo como deveríamos, entrando dispostos fisicamente. Não conseguimos guerrear. Um dia ruim da nossa equipe. Não fizemos o que estava combinado. Não tivemos bom desempenho na parte ofensiva”, destacou o coordenador técnico do time.

Com o primeiro jogo das semifinais da Copa Verde diante do Manaus-AM programado para este sábado (13), o Remo, de antemão, se planeja para a realização de um jogo de excelência, até para apagar a péssima exibição da equipe no final de semana passado. Nesse sentido, é esperado o retorno de algumas peças que podem ajudar o time a ter menos dificuldade no meio-campo e no ataque, conforme apresentado na partida anterior.

O volante Lucas Siqueira, poupado para tratamento no tornozelo, é uma das esperanças, assim como o atacante Hélio Borges, que já entrou em processo de transição. Caso o jogador retorne para esta fase da competição, será o único remanescente do trio ofensivo considerado titular, que atuou durante a Série C do Campeonato Brasileiro, já que Tcharlles e Salatiel voltaram aos seus clubes de origem após o fim do empréstimo.

Outro que segue em recuperação é o zagueiro Fredson, que tem tratado no DM incômodo no joelho direito. Caso liberado, o jogador seria alternativa defensiva, especialmente em um momento que esse sistema tem oscilado em campo. Para Lucas Siqueira, que aparece como mais cotado dentre os afastados para voltar a jogar, o pensamento continua o mesmo. “A estratégia é de buscar a vitória. Temos o objetivo de classificar para chegar na final da competição, então temos que vencer a partida”, pontua.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS