Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

DUELO PARAENSE

Remo quer mostrar força contra o Galo para seguir na Copa Verde 

Depois da perda do título brasileiro e de uma vitória sem brilho sobre o Gama, o Remo quer mostrar força, hoje, contra o Independente. Mas o Galo promete dificultar as coisas

quarta-feira, 03/02/2021, 10:30 - Atualizado em 03/02/2021, 10:31 - Autor: Matheus MIranda


O time entra em campo na tarde de hoje contra o time de Tucuruí no Mangueirão
O time entra em campo na tarde de hoje contra o time de Tucuruí no Mangueirão | Samara Miranda / Remo

No estádio Mangueirão, em Belém, o Clube do Remo fará nesta tarde (3), o seu primeiro duelo contra uma equipe local pela Copa Verde 2020. Sedenta pela vitória, a equipe remista encara o Independente de Tucuruí, pelo jogo de ida das quartas de final da competição, às 16h. O compromisso desta quarta-feira marca o começo azulino em partidas duplas eliminatórias, o que faz com que o elenco projete um desempenho inteligente e eficiente no decorrer dos 90 minutos iniciais do confronto. O duelo contará com um time diferente do habitual, depois de saídas e chegadas de atletas ao final da Série C do Brasileiro, no último final de semana.

A escalação do time deve ser similar ao que foi apresentado na sua estreia contra o Gama-DF, no dia 27 do mês passado, com uma roupagem alternativa. Apesar do desejo de vencer pela primeira vez o torneio regional, internamente a Copa Verde tem sido encarado como um ‘laboratório’ para a avaliação mais aprofundada em ritmo de jogo de alguns atletas, especialmente crias da base, como é o caso do volante Pingo, que deve seguir entre os titulares.

Diante do Galo Elétrico, o coordenador técnico Netão, que seguirá à frente do time enquanto o técnico Paulo Bonamigo se mantém em recuperação da Covid-19, deve lançar o lateral-direito Wellington Silva, recém-chegado, para fazer a sua estreia. Quem deve ser desfalque para a partida de logo mais é o volante Lucas Siqueira. Ainda em tratamento de uma entorse sofrida no jogo de ida da final da Terceirona, o atleta não garantiu a sua participação. “Não estou 100%. Joguei no sacrifício a partida com o Vila e a segunda também. Não consegui treinar, só tratamento e para o jogo de amanhã (hoje) não sei se vou conseguir jogar. Não adianta estar sempre no sacrifício, porque pode agravar a lesão e ficar um tempo maior parado”, disse o jogador.

Independentemente da sua participação, Lucas Siqueira destacou que o pensamento coletivo segue o mesmo. “A estratégia é vencer, de buscar a vitória. É uma competição eliminatória, ida e volta. Temos que vencer, classificar e chegar à final da competição”, destacou.

GALO ELÉTRICO

Invicto na competição com duas vitórias imponentes em duas partidas, ambas realizadas fora de casa, o Independente de Tucuruí quer confirmar a boa fase nos gramados e seguir passando por cima dos adversários na Copa Verde - agora, contra o Clube do Remo. Em mais um jogo longe do Navegantão, o Galo Elétrico tentará fazer um bom resultado em Belém, já que decidirá a classificação inédita às semifinais do torneio regional em seus domínios, no próximo domingo (7). Para isso, o técnico Sinomar Naves não deve fazer mudanças na onzena titular que jogou e garantiu os dois triunfos no certame. Com quatro jogadores no meio-campo e dois no ataque, o comandante almeja que o conjunto mantenha o equilíbrio entre a defesa e o ataque e seja eficaz diante do Leão Azul. “É um jogo que sabemos que não será fácil. Vamos fazer um jogo inteligente, porque temos outro em casa. É um jogo de detalhes”, comentou.

MOTIVAÇÃO

Em busca do título

Na semana passada, o Clube do Remo conseguiu estrear com o pé direito nesta Copa Verde, ao vencer o Gama-DF, em casa, por 1 a 0. O desempenho do time, contudo, não maquiou o desempenho lamentável da equipe, com um jogo ruim e com inúmeros erros de marcação, criação e especialmente nas finalizações. Dessa maneira, contra o Independente de Tucuruí, ao lado de um novo resultado positivo, a expectativa é de que a equipe tenha uma performance aceitável contra um rival que geralmente costuma ‘embaçar’ a vida azulina em campo.

“A prioridade agora é a Copa Verde”, afirmou o zagueiro Rafael Jansen. “O Independente não é um adversário fácil, assim como qualquer adversário que enfrenta o Remo. Quem formos enfrentar vai nos dar trabalho, assim como foi o Gama”, detalhou o defensor.

Com uma temporada encarada como vitoriosa, mesmo sem o troféu da terceira divisão, Rafael Jansen reforçou motivação entre os profissionais e foco em partir em direção a mais uma final e, por isso, a importância de construir em Belém o resultado diante do Galo. “Quanto mais a gente avançar na competição é importante para chegar à final e ser campeão. Temos que entrar determinados para ir o mais longe e sermos campeões”, disse.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS