Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

PARA SE CONSAGRAR

Atacante Salatiel quer reviver um segundo acesso seguido

Salatiel já teve o gostinho de subir de divisão com o Sampaio Corrêa e, agora, com as cores azulinas, espera conquistar mais uma vez essa glória

sábado, 09/01/2021, 08:48 - Atualizado em 09/01/2021, 09:41 - Autor: Matheus MIranda


O atacante do Leão tem feito a diferença no quadrangular e a torcida espera que ele esteja afiado mais uma vez
O atacante do Leão tem feito a diferença no quadrangular e a torcida espera que ele esteja afiado mais uma vez | Samara Miranda/Remo

Na última quinta-feira (7), em entrevista coletiva, o técnico do Clube do Remo, Paulo Bonamigo, mencionou que o jogo de amanhã (10) contra o Paysandu, que vale o acesso à Série B, é o tipo da partida que consagra jogadores. No anseio de marcar o nome na história da agremiação, os atletas do Leão Azul mostraram consciência sobre o divisor de águas que pode acarretar em suas respectivas carreiras em caso de um triunfo e, consequentemente, o objetivo de voltar à segunda divisão, em uma vitória.

Uilliam Barros se recupera de lesão e vai jogar contra o Remo

O centroavante Salatiel sabe bem tal significado. Com os louros de uma ‘subida’ vivo na memória ao ter ajudado o Sampaio Corrêa em 2019, agora pelo Remo o atacante espera reviver a magia de um acesso por um time que aguarda o feito há 13 anos.

Artilheiro da equipe na competição e autor de um dos gols que deu o triunfo no confronto passado entre as duas potências do Estado, Salatiel mencionou sobre a chance que tem em repetir, de forma consecutiva, um acesso na carreira, algo que compartilha com os companheiros de elenco. “É muito bom poder compartilhar da experiência que a gente teve e está vivendo de novo É uma coisa boa e sempre tento passar o melhor respaldo, que é conquistar o acesso e que faz a diferença na carreira de todo atleta”, comentou.

Apelidado de ‘O Cruel’ pelo Fenômeno Azul, especialmente após os dois tentos marcados diante do Ypiranga-RS, em casa, o atleta espera fazer por merecer a alcunha de artilheiro e ajudar o grupo a manter o bom retrospecto em casa e em confrontos diretos diante do Paysandu. “A gente sabe que vai ser um jogo diferente, a gente precisa estar bem concentrado. Estamos trabalhando bem essa semana para estarmos afiado no domingo”, disse, ao falar, também, sobre a o foco para voltar a marcar. “Todo jogo é bom para marcar, mas esses jogos são especiais. Seria gratificante. Continuar trabalhando, como sempre venho buscando”, completou.

Além de ajudar o time a encontrar os gols no domingo, Salatiel tentou repassar o máximo de conhecimento ao técnico Paulo Bonamigo sobre o comandante rival, João Brigatti, com quem trabalhou justamente no acesso do Sampaio Corrêa. “Conheço um pouco ele (Brigatti). Acabei dando uns toques, o jeito que ele trabalha, mas isso fica para o treinador, nos treinamentos ele resolve”, disse.

Espírito vencedor é fundamental

Entre os jogadores, entoar palavras de motivação foi uma das atitudes encontradas ao longo da última semana para reforçar o foco para o jogo de amanhã à noite, contra o Paysandu. A ação partiu para auxiliar duas vertentes: minimizar a derrota na rodada passada e destacar o equilíbrio para o reencontro frente ao grande rival, que vale o acesso à Segundona.

 

O capitão remista espera um grande duelo neste domingo
O capitão remista espera um grande duelo neste domingo Samara Miranda/Remo
 

Nesse sentido, o volante Lucas Siqueira reiterou a postura incisiva de cada atleta nesse momento, que será determinante durante os 90 minutos desta quinta e penúltima rodada do quadrangular da Série C. “Temos que manter esse espírito e a nossa qualidade ali de fazer o gol na frente. Continuamos como a defesa menos vazada. Isso demonstra uma consistência, e nos dá sim uma condição de ir para o clássico muito fortes. Vai ser um clássico onde as duas equipes vão querer vencer. Vai ser aberto e temos tudo para vencer”, pondera.

Apostando nos detalhes como definidor de um resultado positivo para o Leão ou para o rival, Lucas Siqueira apontou qualidades da equipe que, caso bem utilizadas, podem ser essenciais para o Remo. “(Chute de fora da área) É uma arma que nós temos. O Charles chuta muito bem, o Felipe Gedoz, eu já fiz gol de fora da área nesta competição, temos o Eduardo Ramos. Enfim, temos bons finalizadores de média distância e que podem nos ajudar”, lembrou.

O capitão remista espera um grande duelo neste domingo
O atacante do Leão tem feito a diferença no quadrangular e a torcida espera que ele esteja afiado mais uma vez | Samara Miranda/Remo
O atacante do Leão tem feito a diferença no quadrangular e a torcida espera que ele esteja afiado mais uma vez
O atacante do Leão tem feito a diferença no quadrangular e a torcida espera que ele esteja afiado mais uma vez | Samara Miranda/Remo

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS