Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

CLIMA DE DECISÃO

Papão e Leão disputam vaga no G4 no encerramento do turno

A vitória garante lugar no G4 para os dois lados, além dos outros bônus típicos de um Re-Pa

sábado, 03/10/2020, 08:52 - Atualizado em 03/10/2020, 10:38 - Autor: Matheus MIranda


Uilliam Barros e Gustavo Ermel devem começar o clássico nos ataques de Papão e Leão, respectivamento
Uilliam Barros e Gustavo Ermel devem começar o clássico nos ataques de Papão e Leão, respectivamento | DOL

Para o encerramento de turno de uma competição nacional, nada mais justo que um clássico à altura para o delírio da torcida. Pela nona rodada da Série C do Brasileiro, Clube do Remo e Paysandu se enfrentam, às 19h deste sábado (3), no estádio Mangueirão, em Belém, na primeira disputa do principal duelo da região Norte válido para esta edição do certame. A vitória, independentemente para qual lado for ao fim da partida, garante ao Leão ou Papão a vaga na zona de classificação, algo imprescindível nessa reta de campeonato. Mas, além disso, frente ao maior rival, o triunfo pode encerrar de uma vez por todas uma freguesia enjoada, no caso remista, ou carimbar novamente mais uma na conta de vitórias seguidas em duelos diretos, situação favorável ao bicolor.

No caso azulino, objetivo duplo. O resultado positivo do Leão pode igualar a mesma pontuação do Santa Cruz, hoje líder do Grupo A. Para isso, basta um empate do jogo entre Coral e Ferroviário, amanhã à tarde. Mas nada disso entrará nas combinações a favor do Remo se o próprio time não fizer a sua parte, que é voltar a vencer o Papão, algo que não ocorre desde 2018. Somente em 2020, em três duelos, foram duas derrotas e um empate conquistado.

Nesse ponto, a equipe comandada por Paulo Bonamigo espera aproveitar o embalo da boa vitória obtida na rodada anterior, algo que elevou os ânimos internos, ao lado das novas opções disponíveis no plantel para a formação de um time mais ofensivo. De acordo com o treinador, que não adiantou a formação, o objetivo será, antes de tudo, buscar a realização de um jogo de alto nível. “Pela necessidade nossa de fazer ponto, que tenhamos competência e a capacidade para fazer um grande jogo”, disse.

G4

Pelo lado bicolor, no anseio de voltar à zona verde em oportunidade que acabará por tirar o rival da mesma bolha, o foco, também, é manter o retrospecto perfeito de invencibilidade e soberania contra o adversário, atualmente de 10 jogos imponentes sem conhecer o cheiro da derrota.

O técnico Matheus Costa, estreante em Re-Pa, terá o retorno de duas peças importantes para o time, que é o caso do atacante Nicolas e do meia-atacante Alex Maranhão. No caso de Maranhão, o desejo é voltar a vencer para se estabilizar na competição. “Sabemos que o Re-Pa é um campeonato à parte. É um divisor de águas, não só para a gente, mas também para o rival. Precisamos vencer para poder voltar ao G4 que é o nosso grande objetivo, nada melhor que um Re-Pa para que possamos alavancar na competição novamente”, disse.

 


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS