Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
32°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

QUE VENHA O RE-PA!

Fora do G-4, Papão foca na preparação para o clássico contra o Remo

Com um empate contra o Botafogo-PB, Paysandu retorna a Belém com quatro pontos em dois jogos fora de casa. Mesmo assim, bicolores saíram do G4 da competição

segunda-feira, 28/09/2020, 10:50 - Atualizado em 28/09/2020, 12:36 - Autor: Tylon Maués


Matheus Costa terá seu primeiro Re-Pa pela frente.
Matheus Costa terá seu primeiro Re-Pa pela frente. | Jorge Luís Totti/Paysandu

O Paysandu volta aos treinos hoje, em Belém, com o sentimento de dever cumprido após dois jogos fora de casa. A vitória sobre o Ferroviário-CE e o empate com o Botafogo-PB sedimentaram a recuperação do time bicolor na Série C do Campeonato Brasileiro. Agora, o Papão pensa somente no jogo de casa, o último dos jogos de ida da primeira fase. E que jogo! Será a vez do primeiro Re-Pa da competição nacional, com as duas equipes lutando pelo G4.

Para o quinto Re-Pa do ano – até aqui foram três vitórias bicolores e um empate – o Paysandu terá alguns desfalques confirmados. Diante do Belo, o zagueiro Micael foi expulso e o volante Uchôa recebeu o terceiro cartão amarelo, o que faz com que ambos tenham de cumprir suspensão automática na rodada do fim de semana. As outras dúvidas são os volantes PH e Wellington Reis, lesionados.

“O que nós podemos confirmar são os dois suspensos. PH e Wellington Reis são dúvidas, obviamente, mas temos uma semana cheia para esperar”, comentou o técnico Matheus Costa, que preferiu, no momento, salientar quem deve estar apto para entrar em campo no clássico. “Provavelmente teremos o retorno do (Alex) Maranhão e com certeza o Nicolas. É o momento de enaltecer quem está apto a jogar e dar moral a todos. Temos jogadores em condições de suprir quem não estará no jogo”.

Com o capitão Micael suspenso, volta à tona um dos assuntos que mais tirava o sono do então técnico Hélio dos Anjos: um elenco pequeno em vários setores. Costa terá à disposição apenas Perema e Wesley Matos como especialistas para a zaga. Na derrota de 2 a 1 para a Jacuipense-BA, em casa, o time teve o lateral-esquerdo Bruno Collaço improvisado na posição.

A menos que alguém seja contratado em tempo hábil e esteja bem fisicamente, a saída será outra improvisação. Mas, há outra possibilidade. O Paysandu contratou para reforçar a equipe que vai disputar o Campeonato Brasileiro de Aspirantes o zagueiro Lucão, de 21 anos, um dos destaques do Castanhal no Campeonato Paraense. O nome dele já foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e vem treinando na Curuzu com o elenco alternativo do Papão.

O técnico bicolor falou pouco sobre o clássico, sem tratá-lo com todas as peculiaridades que o rondam. Ele limitou-se a falar sobre a necessidade de vencer em casa para manter o bom momento do Paysandu. “Vamos nos preparar para buscar essa vitória em um jogo dentro de casa. Temos que estar conscientes que temos que vencer em casa e pontuar fora, empate ou vitória. O importante é seguir essa caminhada de pontuação”.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS