Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
32°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

PLANEJAMENTO

Preparador físico do Remo espera definição para o retorno do Parazão 2020 

quinta-feira, 02/07/2020, 10:09 - Atualizado em 02/07/2020, 13:35 - Autor: Tylon Maués


Rony Silva afirma que o elenco manteve um bom nível com o trabalho remoto. Agora é trabalhar mais pesado
Rony Silva afirma que o elenco manteve um bom nível com o trabalho remoto. Agora é trabalhar mais pesado | Samara Miranda/Remo

A volta gradual dos treinos presenciais no Baenão tem dado mais subsídios para o preparador físico azulino, Rony Silva, não só planejar melhor os trabalhos das próximas semanas como pensar melhor no início da Série C do Campeonato Brasileiro, principal objetivo do clube no ano. O Clube do Remo, assim como o rival bicolor, está na Série C e é grande a possibilidade dela ser iniciada ao mesmo tempo em que o Parazão estiver sendo finalizada.

“A gente espera que defina a data. Depois que definir essa data, a gente vai poder falar de um planejamento concreto, em cima do prazo. A ‘data jogo’ é determinante para que tenhamos mais parâmetros. Se o campeonato começar mais cedo ou mais tarde, o que a gente espera é que a gente tenha, no mínimo, quatro semanas de treinamentos”, disse. “É em cima disso que a gente trabalha e é isso que a gente espera que aconteça independente da competição que vier”, completou Rony.

Por enquanto, o elenco passa por um processo de readaptação aos treinos mais fortes. Segundo o preparador físico, algo esperado nessa volta. Rony diz que o retorno numa condição abaixo da existente antes da interrupção do campeonato era natural e previsto. Ainda assim, explica o profissional, os testes do setor de fisiologia do Baenão mostraram que os atletas conseguiram manter um bom nível de força com os trabalhos remotos. “Agora, vamos dar mais ênfase àquilo que foi perdido durante esse período”, confirmou Rony.

Na retomada das atividades, é normal que os jogadores sintam ansiedade para “recuperar o tempo perdido”. Porém, Rony confia no departamento médico do clube e afirma que tomará todos os cuidados necessários para evitar qualquer lesão por conta do excesso de carga.

Quanto a amistosos de inter-temporada, a comissão técnica deixou claro que eles não acontecerão. Por conta da pandemia do novo coronavírus, o planejamento prevê apenas sessões de treinamentos. “Óbvio que não existe a possibilidade de fazer amistosos, por uma questão de contato, logística e custos. A programação vai continuar acontecendo conforme o protocolo, o ritmo de jogo, a gente vai pegar no dia a dia”.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS