Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

APOIO

Clubes paraenses receberão R$ 2,4 milhão do Governo para a disputa do Brasileirão 

quarta-feira, 13/05/2020, 12:49 - Atualizado em 13/05/2020, 11:58 - Autor: Tati Dias


| Divulgação/ Ascom Clube do Remo

O Governo do Estado vai patrocinar pela segunda vez os quatro clubes paraenses que representam o Pará no Campeonato Brasileiro das séries C e D, com um aporte financeiro no valor de R$ 2,4 milhão.

A reunião para definir isto aconteceu na manhã desta quarta-feira (13) com a presença do governador Hélder Barbalho, do vice-presidente da Federação Paraense de Futebol (FPF), Maurício Bororó e do presidente do Banco do Estado do Pará (Banpará), Braselino Assunção. Os presidentes dos clubes participaram através de videoconferência.

Remo e Paysandu, que são os representantes da série C receberão R$ 1 milhão cada; Bragantino e Independente, R$ 200 mil cada. O Incentivo deste ano é maior do que o do ano passado, que foi de R$ 1,3 milhão.

Além de valorizar o esporte paraense neste momento delicado por causa da pandemia do novo coronavírus, o valor destinado aos clubes servirá para preparar os atletas, mesmo que ainda não haja previsão de retorno às atividades.

Entre as contrapartidas que cabem aos clubes, a partir da assinatura do contrato, as camisas dos times que serão comercializadas também receberão a marca do Banpará, antes somente as de jogo possuíam a logo. Juntos, Remo e Paysandu vendem cerca de 100 mil camisas por ano.

“É num momento de muita dificuldade que vamos receber esse patrocínio. Em contrapartida, os clubes apresentaram um programa muito superior ao do ano passado, como uma forma de justificar a ampliação do patrocínio. Estamos incrementando novas situações, um projeto de marketing muito bem elaborado”, disse o presidente do Paysandu Sport Club, Ricardo Gluck Paul, após a reunião.

O Mandatário bicolor ressaltou a preocupação do governo com o futuro do futebol e dos clubes paraenses. “ Ressalto de forma significativa, a sensibilidade do governo para com o assunto, ao entender que Paysandu e Remo são duas locomotivas também de entretenimento, dois gigantes da área e sem dúvida nenhum p governador, mais uma vez reafirma o seu compromisso com o esporte e com essa paixão do povo”, finalizou.

Para o presidente do Clube do Remo, Fábio Bentes, o valor vem em boa hora, principalmente para o clube ficar em dia com a justiça trabalhista. “Essa iniciativa do Governo é muito importante para a gente, principalmente no momento em que estamos passando. No caso do Remo, parte deste dinheiro já estava comprometida com a Justiça do Trabalho, e vamos tentar liberar o excedente, vamos atuar para conseguir essa liberação”, disse.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS