Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

CONTRATAÇÃO POLÊMICA

“Ele disse que está melhor da cabeça”, diz presidente de clube sobre Jobson

quarta-feira, 26/02/2020, 13:22 - Atualizado em 26/02/2020, 13:22 - Autor: Tati Dias


Com histórico polêmico, Jobson já se recusou a fazer exame antidoping, foi preso três vezes e acusado de estuprar um adolescente.
Com histórico polêmico, Jobson já se recusou a fazer exame antidoping, foi preso três vezes e acusado de estuprar um adolescente. | Reprodução Facebook

Agora é oficial. O atacante paraense Jobson é o novo jogador do Independente de Tucuruí para a temporada 2020. Ele foi apresentado na manhã desta quarta-feira (26) pela diretoria do Galo Elétrico como a principal contratação deste ano, após jogar apenas 45 minutos na Portuguesa-RJ.

■ Atacante Jóbson está próximo do Independente após liberação da Justiça
■ Douglas Packer é desfalque do Remo para o clássico Re-Pa

Jobson Leandro Pereira de Oliveira, é paraense de Conceição do Araguaia, tem 32 anos, atuou e times como Brasiliense, Botafogo, Atlético-MG, Bahia, Grêmio Barueri, São Caetano e Al-Ittihad, da Arábia Saudita. No Galo, o contrato vai até o final da Série D do Campeonato Brasileiro.  

O jogador com a camisa do Galo Elétrico
O jogador com a camisa do Galo Elétrico Reprodução Facebook
 

Perguntado sobre como será o seu emprenho no time de Tucuruí, Jobson diz “cheguei para somar e ganhar título. Eu sou cara positivo, vim pra ajudar e espero conseguir os objetivos do time no Parazão e acesso à Série C do Brasileiro. Espero contribuir dentro de campo e à torcida também. Prometo que não vou decepcionar”, disse.

Apesar de ter nascido no Pará, o atacante nunca havia atuado no futebol do Norte. “É a primeira vez que estarei jogando o Campeonato Paraense.  Espero ser feliz aqui. Sempre tive o sonho de jogar no meu estado, onde eu nasci. 

Em entrevista ao Dol, o presidente do Galo, Deley Santos, disse que o interesse pela contratação do atacante surgiu após procura do empresário do atleta. “O empresário do jogador nos procurou, e nos ofereceu, que havia reincidido com a Portuguesa e dissemos que sim, que tínhamos interesse, e acertamos a questão financeira”.

Santos adiantou, ainda, que a diretoria está correndo contra o tempo para que o nome do jogador seja divulgado no BID até a sexta-feira (28), para que no sábado já seja opção do treinador Léo Goiano para a partida contra o Itupiranga, em Marabá.  

Perguntado sobre as polêmicas que envolvem a carreira do jogador, o dirigente conclui “Esperamos que eles nos ajudem dentro de campo. Conversamos muito com ele, e ele disse que está melhor da cabeça”.

JOGADOR POLÊMICO

Em 2015 o jogador foi suspenso pela Fifa e impedido de realizar atividades relacionadas ao futebol, após ter se negado a se submeter a um exame antidoping. Na época, o atacante atuava pelo Al-Ittihad, da Arábia Saudita.

Neste período de suspensão, Jobson teve seu nome envolvido em um escândalo: o de crime de estupro, e foi preso três vezes. Ele foi acusado de estuprar uma adolescente em 2016, em Conceição do Araguaia. A jovem também acusa o jogador de ter “vazado” suas fotos íntimas em grupos de mensagem. Ele nega todas as acusações.

Em 2017, Jobson é preso novamente. Desta vez, após se envolver em um acidente de trânsito, onde teria tirado a vida de um homem, mas pagou fiança e foi liberado. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS