Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

PARAZÃO 2020

Partida entre Paysandu e Paragominas promete ser equilibrada

domingo, 16/02/2020, 09:05 - Atualizado em 16/02/2020, 09:08 - Autor: Tylon Maués


Partida acontece na manhã deste domingo (16) na Curuzu
Partida acontece na manhã deste domingo (16) na Curuzu | Diário do Pará

O confronto entre Paysandu e Paragominas, às 10h de hoje, promete ser o mais equilibrado e um dos mais importantes da quinta rodada do Campeonato Paraense. Junto com Castanhal e Clube do Remo, Papão e Jacaré dividem a primeira colocação com nove pontos, cada um com três vitórias e uma derrota. A diferença a favor do PFC, o líder, está no saldo de gols.

Os dois times têm o segundo melhor ataque do Parazão com oito gols cada, atrás apenas do Castanhal, que já balançou as redes dez vezes. Na defesa, o PFC está junto ao Bragantino como as equipes que menos levaram gols, apenas duas vezes, os dois gols na derrota de 2 a 1 para o Tapajós. Ou seja, em três jogos o PFC passou sem ser vazado.

O jogo de hoje marca o fim da primeira metade da fase inicial do Parazão. No confronto, o Paysandu leva uma enorme vantagem. As duas equipes já se enfrentaram em doze ocasiões, com seis vitórias bicolores, cinco empates e apenas uma vitória do PFC, há cinco anos atrás quando marcou 2 a 1, na Arena do Município Verde, pelo campeonato estadual.

No banco de reservas, outro duelo curioso. Hélio dos Anjos vem fazendo um trabalho consistente desde o ano passado no Paysandu. Pelo lado do Paragominas, Rogerinho Gameleira vem tendo o trabalho mais surpreendente até aqui, levando um dos times que antes não era apontado como dos mais fortes e uma campanha excelente. Ídolo bicolor e jogador com mais títulos na história do clube, como jogador Rogerinho foi bicampeão brasileiro da Série B em 1991 e 2001, campeão da Copa Norte e da Copa dos Campeões, além de ganhar os estaduais de 1992, 2000, 2001 e 2002. De 2013 até o começo do ano passado ele foi auxiliar-técnico da comissão fixa do Papão.

Além do retrospecto e do histórico, o Paragominas ainda não pontuou fora de casa. As três vitórias até aqui foram todas em seus domínios. Quando teve que viajar, teve justamente sua única derrota, em Santarém. Já o Papão vem embalado pela vitória no clássico Re-Pa e com mais uma vitória se mantém na ponta da competição.

HORÁRIO NOVO

Além de encarar o líder do campeonato, o Paysandu entra em campo com possivelmente outro adversário forte: o calor. Para grande parte dos jogadores do elenco, jogar às 10h é uma novidade, ainda mais em uma região de temperaturas tão altas. “Vai ser o meu primeiro jogo às 10h. É um horário que a gente não costuma jogar, vai ser tudo totalmente diferente. Vamos ter que dormir um pouquinho mais cedo, acordar um pouquinho mais cedo também, a alimentação é diferente, mas acho que a gente vai se preparar bem para isso”, comentou o atacante Uilliam, um dos estreantes do jogo matutino.

Mas, para quem está no clube há mais tempo, nada que vá trazer maiores novidades. O zagueiro e capitão bicolor Micael ressaltou que esse é o horário em que costumam treinar, então nada de diferente do que vê no dia a dia. “Nós treinamos sempre nesse horário, entre 10h e 12h, então temos que estar acostumados”, disse o defensor, que preferiu exaltar a força do adversário como maior obstáculo. “Sabemos que é um adversário difícil, não existe jogo fácil. Estão mostrando a força, está brigando em cima também, então temos que entrar com muita concentração e foco”.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS