Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

TUDO OK!

Goleiro bicolor é regularizado e está pronto para o jogo

sexta-feira, 17/01/2020, 11:26 - Atualizado em 17/01/2020, 11:25 - Autor: Nildo Lima


O goleiro foca na sua preparação e quer fechar o gol
O goleiro foca na sua preparação e quer fechar o gol | Divulgação/ Ascom PSC

Último entre os novos contratados do Paysandu que ainda estava com sua regularização pendente, o goleiro Gabriel Leite, de 32 anos, ganhou, ontem, condições de defender a equipe bicolor no Parazão 2020. O arqueiro, finalmente, teve o seu nome incluído no Boletim Informativo Diário (BID), da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Desta maneira, Leite fará a sua estreia com a camisa do Papão no jogo de segunda-feira, contra o Itupiranga, às 20h, na Curuzu, pela 1ª rodada do Estadual. Paulo Ricardo, que seria o substituto, caso Leite não tivesse condições, ficará no banco de reservas.

Em Barcarena, o goleiro chegou para a entrevista coletiva sem saber da novidade. “Não sei dessas informações, mas acredito que tenha dado tudo certo. Estou torcendo para que isso tenha acontecido”, disse. Só depois foi que Leite tomou conhecimento de sua regularização. Em campo, o arqueiro voltou a ser exigido pelos preparadores do clube, Austrália e Ronaldo. O treino foi realizado sob forte ameaça de chuva na cidade de Barcarena, tempo que não chega a causar estranheza ao goleiro bicolor, conforme afirmou.

Divulgação/ Ascom PSC
 

“Joguei algumas vezes aqui em Belém contra o Paysandu e conheço bem a região. Sei como é o clima aqui”, contou. “A gente está se preparando para tudo”, completou o goleiro. “Está sendo importante essa preparação para que a gente possa pegar todas essas variáveis, que são as variáveis do Campeonato Paraense”, observou. O jogador também comentou o fato de ter se formado em administração, em 2019, antes de vir para o Paysandu. “Tanto dentro quanto fora de campo a gente tenta se qualificar”, comentou.

Leite ressaltou, no papo sobre a formatura, a brevidade da carreira de um jogador de futebol profissional. “Nós sabemos que a carreira de um jogador não é tão longa como são outras carreiras. Sei que já não estou numa idade tão baixa, então procurei me qualificar fora do campo”, disse. O jogador, no entanto, salientou que não faz planos, ainda, de deixar as luvas no armário, encerrando a sua trajetória no futebol. “Lógico que nesse momento ainda penso muito em me qualificar dentro de campo. Acredito que ainda tenho uma carreira longa dentro dos gramados”, apontou.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS