Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

SEM PERDER TEMPO

Técnico azulino 'quer o máximo' dos jogadores em jogo-treino

quarta-feira, 08/01/2020, 09:33 - Atualizado em 08/01/2020, 10:07 - Autor: Matheus Miranda/ Diário do Pará


Rafael Jaques quer ver o time azulino em situação de jogo mais uma vez e já coloca sua equipe para fazer jogo-treino hoje
Rafael Jaques quer ver o time azulino em situação de jogo mais uma vez e já coloca sua equipe para fazer jogo-treino hoje | Divulgação/ Ascom Clube do Remo

Depois de uma longa viagem até Salinas na última segunda-feira (6), o elenco do Clube do Remo deu início na manhã de ontem a um treinamento de intensificação tática e técnica, com direito a jogo entre os profissionais da equipe. E a comissão técnica almeja aproveitar todo o tempo possível para preparar o grupo até a estreia do Estadual. Às 15h30 de hoje, no estádio municipal de Cuiarana, o Leão terá o seu primeiro teste na reta final da sua pré-temporada, diante da seleção rural local, em jogo-treino.

De acordo com o treinador Rafael Jaques, essa é a chance de aperfeiçoar as estratégias do seu time em situação de jogo. “Temos que ter essa noção, de competitividade. Saber como as peças irão reagir em momentos bons ou ruins para calcularmos o que podemos fazer para melhorar”, adiantou o comandante.

Divulgação/ Ascom Clube do Remo
 

Ao lado do mapeamento mais profundo por parte da comissão técnica e dos analistas de futebol, a movimentação dessa tarde é importante para a ascensão dos atletas, como pontuou o meia-atacante Lailson, que agora desponta em uma nova função neste começo de 2020. “Estou fazendo o papel de segundo volante. Dificuldade eu não tenho, não. Eu falei para ele (técnico) para eu jogar na posição, para me apresentar na área mesmo jogando um pouco mais atrás”, explicou.

Com 22 anos recém-completados no dia primeiro de janeiro, Lailson pretende se dar de presente um uma temporada produtiva como profissional, algo que tem exigido doação máxima nos treinamentos. “Encaro com muita responsabilidade esse apoio. O técnico está acreditando em mim e eu mais ainda, de que esse vai ser muito de muitos objetivos alcançados”, disse o jogador, que, mesmo se jogar mais recuado, não deixará a característica ofensiva de lado. “Ele sempre pede para ir em busca do gol, para fazer o gol. E é o que busco, se clarear e abrir espaço, é caixa”, destacou.

 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS