Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

PREPARAÇÃO

Papão parte para Barcarena para fazer pré-temporada

terça-feira, 07/01/2020, 09:20 - Atualizado em 07/01/2020, 09:57 - Autor: Nildo Lima


Comissão técnica vai pegar pesado durante a preparação bicolor para o time chegar bem na estreia do Estadual
Comissão técnica vai pegar pesado durante a preparação bicolor para o time chegar bem na estreia do Estadual | Divulgação/ Ascom PSC

O time do Paysandu muda, hoje, temporariamente, de endereço. O grupo bicolor deixa sua casa, o estádio da Curuzu, para um período de 12 dias na cidade de Barcarena, com o elenco ficando hospedado no aprazível hotel Samaúma, na Praia do Caripi nº 1. Será o início da pré-temporada dos bicolores com vistas à participação da equipe no Parazão, primeira competição oficial do clube em 2020. A ida do Papão para a cidade do nordeste do Estado acontece após o almoço. Antes, o time ainda fará um treino, pela manhã, na despedida do grupo do estádio “Vovô da Cidade”.

A delegação será composta por 23 jogadores, mais comissão técnica, equipe de apoio e dirigentes. São 18 atletas remanescentes do elenco de 2019 juntamente com os cinco que foram contratados até ontem pelo clube. O time já fará a sua primeira atividade na Terra do Alumínio hoje, no campo do Renato, na periferia da cidade. Ao longo do período de preparação, que será encerrado no dia 18, antevéspera da estreia da equipe no Estadual, o técnico Hélio dos Anjos ministrará treinos no principal estádio da cidade, o Laurival Cunha.

Divulgação/ Ascom PSC
 

Nos primeiros três dias fora da capital, o grupo fará apenas trabalhos com o preparador físico Fred Pozzebon. A partir do dia 11, o técnico Hélio dos Anjos e seus auxiliares vão dar início aos treinamentos técnicos e táticos. No dia 19, a equipe fará seu último treino, na Curuzu, que passa por uma ampla reforma, antes de estrear no Parazão 2020, contra o Itupiranga, dia 20 de janeiro, segunda-feira, no mesmo local. A delegação do Papão viaja para o interior do estado com o elenco ainda incompleto.

Dos Anjos, em princípio, terá 28 atletas à sua disposição para a competição local. Levando em consideração que até aqui o clube contratou cinco atletas, outros cinco ainda serão anunciados em breve pelo clube. À medida que esses novos contratados forem chegando, seguirão para se integrar ao elenco, em Barcarena, passando antes pela mesma bateria de exames dos companheiros já em atividade. Na lista de atletas pretendidos pelo clube, consta, como já deixou claro o treinador, um meia de ligação que disputará a titularidade com Alex Maranhão, uma das novas caras do time.

O Papão fará um jogo-treino em Barcarena no domingo (12) contra a seleção de Barcarena, às 10h, no estádio Barcarenão.

Nicolas prevê temporada dura, mas está otimista

Divulgação/ Ascom PSC
 

Último dos jogadores remanescentes de 2019 a se apresentar na Curuzu, o atacante Nicolas retornou a Belém, após o período de férias, como se estivesse voltando para sua cidade de origem, Alegria, no Rio Grande do Sul. A decisão do jogador, artilheiro do clube na temporada passada, com 12 gols, de renovar contrato com o Paysandu, segundo revelou, se deu muito em função da boa ambientação que teve na capital paraense. “É um clube ao qual me adaptei muito bem, na cidade na qual também me adaptei, criei vínculos e fiz amigos aqui”, disse. “Estou muito feliz”, arrematou.

Embora a temporada de 2019 não tenha sido nada positiva para o Papão dentro de campo, o atacante espera que ela tenha deixado ao menos ensinamentos aos atletas que, como ele, ficaram no clube. “Espero que a gente possa ter aprendido com tudo o que houve no ano passado e não volte a repetir os mesmos erros este ano”, pediu. Nicolas previu uma jornada dura para o Paysandu na temporada que se inicia, mas se mostra otimista. “Vamos ter um ano muito duro pela frente, mas acredito em um ano muito bom”, disse.

O fato do Parazão ser disputado em um período chuvoso no Pará, segundo o atacante, colabora para o aumento dos obstáculos a serem superados pelo time. “Pelas chuvas, pelos campos. Sofremos com isso no ano passado na semifinal do Estadual”, lembrou, revelando, em seguida, que nas conversas com que está chegando agora ao clube tem falado dessa questão. “A gente vai passando pra eles isso aí”, revelou. Sobre suas férias ele comentou: “Aproveitei para viajar e curtir a família. Viajei logo que sai e depois fiquei o tempo todo em casa com a família e os amigos” contou.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS