Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

É TETRA!

Esmac vence Remo de virada e conquista o título do Paraense Feminino

segunda-feira, 02/12/2019, 09:15 - Atualizado em 02/12/2019, 09:15 - Autor: Nildo Lima


| Fernando Araújo

O polêmico troféu “Iolanda Modesto Vilhena Torres”, destinado ao campeão do Paraense de futebol feminino, foi conquistado, ontem pela manhã, pela Esmac, que derrotou o Clube do Remo, de virada, por 2 a 1, no Mangueirão. Os gols da decisão foram anotados por Anne, cobrando pênalti, para o Remo, Lora Soure e Capanema, que asseguraram o quinto título da equipe de Ananindeua na história da competição, o quarto consecutivo. Após a partida, jogadoras, comissão técnica e cartolas da Esmac foram homenageados com medalhas e, claro, o troféu do campeonato.

A partida se desenrolou dentro das tradições de uma grande final. As equipes começaram o confronto apresentando boa dose de nervosismo, o que provocava alguns passes errados. Mas, aos poucos, com os nervos em seus devidos lugares, o jogo foi ficando mais organizado, porém sem que os times conseguissem chegar com facilidade à rede do adversário. As jogadas de ataque de ambos os lados até aconteciam, mas acabavam parando nas defesas dos dois lados, sempre bem postadas.

Já na reta final da primeira etapa, aos 44 minutos, o Leão abriu o placar por intermédio de Anne cobrando pênalti. Mas a Esmac não deixou por menos e, com todo o espírito de campeão, chegou ao empate ainda aos 46. A bola foi mandada para a área azulina, uma defensora raspou na bola de cabeça e mandou para a própria rede. O árbitro, porém, deu o gol para Lora Soure, jogadora responsável pelo cruzamento para a área. Final do primeiro tempo, 1 a 1.

A segunda etapa, como já se poderia esperar, foi ainda mais nervosa, porém, bem mais disputada, com os times buscando o título. Depois de algumas chances desperdiçadas, finalmente, aos 33 minutos, a meio-campista Capanema mandou a bola para a rede, decretando a vitória da Esmac e, consequentemente, a conquista do título da equipe, que soma agora cinco títulos da competição, tendo ficado com a taça nos anos de 2012, 2016, 2017, 2018 e, agora, 2019. O retrospecto só é inferior ao do Independente, campeão em seis oportunidades: 1999, 2000, 2001, 2002, 2003 e 2007.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS