Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

21ª PARTICIPAÇÃO

“Paysandu não fica de fora da Copa do Brasil”, avisa presidente bicolor

terça-feira, 26/11/2019, 09:44 - Atualizado em 26/11/2019, 09:50 - Autor: Nildo Lima


Gluck Paul afirma que o clube vai jogar a competição, mesmo tendo ficado em 4º lugar no Parazão deste ano
Gluck Paul afirma que o clube vai jogar a competição, mesmo tendo ficado em 4º lugar no Parazão deste ano | Jorge Luiz/PSC

O Estadual é apenas a primeira competição a ser disputada pelo Paysandu em 2020, na qual buscará a hegemonia, visto que nas últimas duas edições da competição, o Papão terminou como vice-campeão (2018) e 4ª colocado (2019), respectivamente. A classificação final do Parazão deste ano colocou em xeque a presença do time na Copa do Brasil de 2020. Mas, ontem, o presidente bicolor, Ricardo Gluck Paul, assegurou ao Bola, por telefone, que o clube voltará a disputar a competição, em sua 21ª participação no torneio nacional. A inclusão do Paysandu, conforme ressaltou o dirigente, se dará pelo ranking da CBF.

“Pelo ranking da CBF, que já foi atualizado, o Paysandu não fica mais de fora da Copa do Brasil”, garantiu Gluck Paul, informando em seguida a data da estreia do Papão na competição: “Será no dia 4 de fevereiro”, anunciou o presidente. Ele informou, ainda, que o Paysandu não recebeu nenhum comunicado, o que não é usual por parte da CBF, conforme lembrou o dirigente, comunicando a inclusão do Papão na disputa. “Não existe um comunicado oficial dizendo, ‘olha parabéns vocês vão disputar a ...’. Isso não acontece”, explicou o comandante bicolor.

Gluck Paul destacou, também, que mesmo com prováveis atualizações do ranking, o Papão não corre o risco de ficar sem a participação no torneio em seu calendário para o próximo ano. “As atualizações que vão ocorrer não interferirão na faixa de colocações em que o Paysandu está”, detalhou. No momento, o Papão ocupa a 27ª colocação na tabela da CBF, com 5.239 pontos. “O Paysandu está hoje na terceira faixa do ranking e, mesmo com a publicação de novo ranking, a gente não sai mais dessa posição”, observou Gluck Paul.

O presidente voltou a ressaltar que o Paysandu, dependendo de seu desempenho na Copa BR, poderá recuperar os quase R$ 3 milhões que deixou de ganhar antecipadamente por perder a vaga nas oitavas de final do próprio torneio, ao final da Copa Verde. “A primeira e a segunda faixas de premiação pagam R$ 600 mil, cada uma, e a terceira paga R$ 1.4 milhão, somando as três primeiras fases, dá um total de R$ 2.6 milhões, o que representa até mais do que o Paysandu receberia se entrasse nas oitavas de final”, detalhou o dirigente.

Gluck Paul observou, ainda, que caso o Papão chegue a terceira fase do torneio, o clube ainda terá ganho de bilheteria com dois jogos na condição de mandante. “É por isso que digo que o Paysandu não perdeu dinheiro (com a derrota na Copa Verde), mas sim deixou de ganhar um dinheiro antecipado e que era garantido. É lógico que pode acontecer de o Paysandu ser eliminado na primeira fase, como ocorreu este ano”, finalizou.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS