Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

PORRADA PRA TODO LADO

Pancadaria marca eliminação do Paysandu no sub-20 e clube se pronuncia

segunda-feira, 25/11/2019, 12:03 - Atualizado em 25/11/2019, 12:03 - Autor: Tati Dias


| Reprodução

Depois de cenas lamentáveis na tarde do último domingo (24), durante a partida entre Paysandu e Carajás pelo Campeonato Paraense sub-20, o Paysandu se pronunciou através de nota, lamentou o ocorrido e ainda afirmou que “não houve nenhum ato de covardia dos seus atletas”.

O caso

O Paysandu perdeu o jogo por 1 a 0, o que lhe rendeu a eliminação da competição. Inconformados como resultado e, segundo alguns integrantes da equipe, o Paysandu teria sido prejudicado pela arbitragem.

No vídeo, gravado por um torcedor, é possível ver quando um jogador do Paysandu agride um dos integrantes da equipe de arbitragem.

Veja o vídeo:

 

Leia a nota na Integra:

Sobre os fatos ocorridos durante e após o jogo disputado na manhã deste domingo (24), no Estádio da Curuzu, entre Paysandu e Carajás, pela semifinal do Campeonato Paraense de futebol sub-20, o Paysandu Sport Club esclarece que a confusão começou ao final do primeiro tempo, depois que o quarteto de arbitragem não aceitou as cobranças do time bicolor, que se sentiu prejudicado e contestou as expulsões dos atletas Talles Diego, aos 35, e Everaldo Brasil, aos 44 minutos. Também foram expulsos antes do intervalo o técnico Ronaldo Couto (Nad), o auxiliar-técnico Paulo Sérgio e o fisioterapeuta Tiago Esteves, todos por reclamação.

Na descida para os vestiários, alguns integrantes da equipe de arbitragem ofenderam a comissão técnica e o diretor da base, Alessandro Cavalcante, com palavras de baixo calão e ainda proferiram as seguintes palavras: “Isso aqui é uma porcaria, vocês são um bando de amador”. Em seguida, todos foram para o intervalo e a situação foi normalizada.

No início do segundo tempo, o policiamento chegou ao estádio, mas antes mesmo o Paysandu tomou todas as providências para resguardar a segurança de atletas, arbitragem e torcedores, com o auxílio de seguranças particulares.

A etapa final ocorreu sem grandes ocorrências. Aos 47 minutos, a arbitragem marcou um pênalti para os visitantes. Depois do gol, o juiz encerrou a partida e houve muita reclamação no gramado por parte da equipe bicolor, que se sentiu prejudicada com as marcações.

O Paysandu Sport Club ressalta que não houve nenhum ato de covardia dos seus atletas. A Diretoria Jurídica do clube informa que já houve registro de boletim de ocorrência policial e tomará todas as providências necessárias.

Por fim, o clube lamenta o ocorrido e é contra qualquer tipo de violência, independentemente de onde quer que parta, e já apura internamente o ocorrido para no futuro tomar as devidas providências.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS