Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

PLANEJAMENTO

Remo define teto da folha salarial para a próxima temporada

quinta-feira, 07/11/2019, 12:40 - Atualizado em 07/11/2019, 12:40 - Autor: Matheus Miranda/ Diário do Pará


| Samara Miranda/ Ascom Remo

Em números, o Remo deverá trabalhar com um orçamento de R$ 400 mil mensais para formar e manter uma equipe de 28 atletas para as disputas do primeiro semestre de 2020. De antemão, de 12 a 15 jogadores formarão uma base de remanescentes, dessa maneira, permitindo que todos os acertos subsequentes sejam de maneira mais criteriosa.

Por isso, o esqueleto inicial que será formado com os jogadores que tiveram destaque com a camisa azulina em 2019 tem importância, como reiterou o diretor-executivo de futebol, Carlos Kila.

“Para quem vem é sempre mais difícil, demora a se adaptar. Temos exemplos de jogadores que não dão certo em um lugar, mas no outro jogam, se destacam, fazem acontecer. Quem está e se destaca merece um cuidado por isso. Já conhece, e se agrada é porque fez um bom papel. Não se pode abrir mão disso quando temos um mercado competitivo”, explicou.

Carlos Kila comentou que tal assunto é uma de suas prioridades nesse primeiro momento, já que retornará para Recife (PE), onde reside, amanhã. “Cada assunto nesse momento tem a sua particularidade. Mas todos têm a sua importância no grau coletivo. Os jogadores que forem indicados vão ter prioridade”, disse.

BASE EM FOCO

Coordenador de base do Grêmio por 9 anos, entre 1991 e 2000, Carlos Kila também fez questão de destacar o papel da categoria de base do time para a montagem e valorização do celeiro com possíveis negociações futuras com vistas em arrecadação financeira para a agremiação.

Com a expectativa de ter uma noção rápida sobre o que tem na base azulina, Kila, ao lado dos diretores de futebol, irá acompanhar nesta manhã, a partir das 9h30, o jogo do sub-20 da equipe contra a Tuna, no Souza, pelo Campeonato Paraense da categoria.

Para Kila, nesse momento é importante já ter ciência da qualidade dos jovens que certamente terão espaço para a composição do time principal. “Combinamos de ir assistir esse jogo para acompanhar um pouco do dia deles e saber o real potencial desse grupo e como poderemos utilizá-los”, adiantou.

 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS