Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

LESÃO E EXPULSÃO

Papão e Sport Belém empatam em amistoso com chuva de gols

quinta-feira, 07/11/2019, 08:51 - Atualizado em 07/11/2019, 08:51 - Autor: Nildo Lima/ Diário do Pará


Apesar da defesa, finalista da Copa Verde mostra que o ataque está em dias
Apesar da defesa, finalista da Copa Verde mostra que o ataque está em dias | Fernando Araújo/Diário do Pará

Num amistoso eletrizante, parecendo mais uma final de campeonato, com uma “chuva” de gols, Paysandu e Sport Belém empataram em 3 a 3, ontem à noite, na Curuzu, que recebeu um bom público, com acesso ao local liberado. Foi o segundo e, provavelmente, último amistoso do Papão antes de sua estreia na final da Copa Verde, quinta-feira (14), na Arena Pantanal, diante do Cuiabá-MT. A partida acabou se constituindo em um belo “laboratório” para o técnico Hélio dos Anjos na preparação da equipe bicolor para a decisão do torneio.

O amistoso começou cheio de surpresas. Logo no primeiro minuto o zagueiro Perema, lesionado (leia matéria ao lado), pediu para sair. O Sport, que está em plena a atividade na Segundinha, não se intimidava frente ao dono da casa. Mas, o Papão também buscava o gol e, por pouco, não abre o placar em duas oportunidades. Uma com Elielton e outra com Tiago Luis, cobrando falta. Mas, aos 13 minutos, o árbitro viu Micael colocar o braço na bola dentro da área: pênalti. Pecel, o artilheiro do time rubro-negro, foi lá e inaugurou o placar. Sport 1 a 0.

Após o gol, o Paysandu intensificou os golpes ofensivos até que, aos 18 minutos, num golaço, de calcanhar, Caíque Oliveira igualou o marcador, após escanteio cobrado por Tiago Luis. Antes, Nicolas, de cabeça, tentou o empate. O goleiro Ângelo evitou o gol. O Dragão, porém, respondeu à altura, voltando a passar na dianteira do placar, desta vez com Raílson, aos 26 minutos. Com o 2 a 1 favorável ao Sport, o jogo ganhou em intensidade, não se parecendo em nada com um amistoso, mas o placar não voltou a ser mexido na primeira etapa.

O Papão voltou para o segundo tempo com apenas uma mudança: Leandro Lima no lugar de Tiago Luis. Diferente do que ocorreu contra a Tuna Luso, quando o técnico Hélio dos Anjos trocou praticamente o seu time inteiro na segunda etapa. O amistoso seguia em ritmo corrido, com as equipes se atacando mutuamente. Até que, aos 12 minutos, Elielton invadiu a área e sofreu pênalti claro. Caíque Oliveira cobrou e voltou a marcar, fazendo 2 a 2. Mas, no reinício do jogo, quando a Fiel comemorava o gol, Edicléber, aos 13, fez 3 a 2 Dragão.

O gol não abalou o Papão, que, aos 15, voltou a empatar - 3 a 3 - por intermédio de Nicolas, que aproveitou indecisão da zaga rubro-negra para balançar a rede em seu 12º gol com a camisa do clube.

EXPULSÃO

Minutos depois, Caíque Oliveira fez falta violenta e acabou expulso. O jogo seguiu em ritmo corrido até o seu final, com o Papão desperdiçando as boas chances de gols, sobretudo com Nicolas. Mas o time bicolor também mostrou algumas deficiências na marcação na defesa e meio de campo, que certamente serão melhor trabalhadas por Dos Anjos.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS