Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

LIBERTADORES

Flamenguistas de Belém não desanimam e compram passagem para o Peru

quarta-feira, 06/11/2019, 11:35 - Atualizado em 06/11/2019, 11:39 - Autor: Bruna Dias


Diego Carioca e Andrei Miranda já estão com passagens e ingressos para a final no Peru.
Diego Carioca e Andrei Miranda já estão com passagens e ingressos para a final no Peru. | Arquivo Pessoal

Como diz o hino do Flamengo: “Uma vez Flamengo, sempre Flamengo. Flamengo sempre eu hei de ser”. É desse jeito que muitos flamenguistas de Belém encaram a final da Libertadores. Há quase quatro décadas longe de uma final da competição, os torcedores precisaram mudar a sua programação a pouco mais de 15 dias antes da decisão.

Na terça-feira (5), ficou decidido que a final da Copa Libertadores de 2019, entre Flamengo e River Plate, será no Estádio Monumental de Lima, no Peru, às 17h (de Brasília). Problema para os flamenguista? Pode até ser, mas nada que interfira na presença deles na decisão.

O empresário Diego Ferrador mora há quase 30 anos no Pará e coleciona vários títulos com seu time do coração. Carioca de nascimento e de nome, porque é como ele é conhecido, já mudou toda a sua programação para conquistar esse título ao lado do Flamengo.

“Minha família toda é flamenguista, meu pai vai comigo também para o Peru. Mesmo com um custo de R$ 850 nas passagens, vale muito a pena essa viagem”, explicou.

Com passagens e hotel pagos há 4 meses, Carioca precisou comprar mais uma passagem de Santiago para Lima. Diante de muitas horas de voos e poucas horas para comemorar o “titulo” na capital peruana, o torcedor está empolgado com a chance de ver o Flamengo nesta decisão.

Dieguinho fazendo a sua estreia no Maraca com o pai.
Dieguinho fazendo a sua estreia no Maraca com o pai. Arquivo Pessoal
 

“Com certeza eu vou trazer esse título. Nunca perdi uma competição. Em 2009 fui pro Rio e vi o Flamengo ser campeão brasileiro pelo Grêmio, já vi ele ser campeão do brasileirão contra o Botafogo, participei de seis títulos cariocas. Todas as vezes que viajo para decisões eu trago uma taça na bagagem”, contou.

Você acha esse torcedor fanático? Ele tem mais histórias para contar. Carioca levou o seu filho, Dieguinho pela primeira vez ao Maracanã na decisão da semifinal da Libertadores desse ano contra o Grêmio. O pequeno teve a chance de conhecer o estádio, a torcida rubro-negra e mais do que nunca sentir o amor pelo time do pai. Impossível não ter se tornado flamenguista.

Dieguinho simplesmente deixou a emoção da classificação escorrer pelos olhos e comemorou aos prantos a conquista.

 

Dieguinho fazendo a sua estreia no Maraca com o pai.
Dieguinho fazendo a sua estreia no Maraca com o pai. Arquivo Pessoal
 

Andrei Miranda também vai fazer essa peregrinação para o Peru ao lado do amigo. Ele está fazendo a mesma programação que o Carioca e precisou comprar o trecho de ida e volta de Santiago para Lima.

“Acho que ninguém ficou feliz com a mudança, porque todo mundo se programou há meses para fazer essa viagem e de uma hora para outra mudar assim. Mas claro que diante da crise política que o Chile tem passado, foi uma boa opção. Entendemos que ficou inviável ter jogo lá”, analisou.

Ou seja, o que podemos ver é que para o flamenguista não existe fronteiras para apoiar o time na decisão.

“Vale muito ir acompanhar o Flamengo nessa final de Libertadores. Isso é experiência de vida”, finalizou Andrei.

Arquivo Pessoal
 

Arquivo Pessoal
 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS