Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

PREPARAÇÃO BICOLOR

Amistoso do Paysandu contra o Sport Belém deve ter o retorno de dois jogadores

terça-feira, 05/11/2019, 09:30 - Atualizado em 05/11/2019, 09:30 - Autor: Nildo Lima


Hélio dos Anjos espera ter mais opções na partida com o Sport Belém
Hélio dos Anjos espera ter mais opções na partida com o Sport Belém | Irene Almeida

No segundo amistoso de preparação do Paysandu para a estreia na final da Copa Verde, amanhã à noite, contra o Sport Belém, o técnico Hélio dos Anjos já espera contar com pelo menos dois dos jogadores que não puderam enfrentar a Tuna Luso, no último domingo. O treinador não revelou quais seriam esses atletas, mas tudo indica que sejam o volante Wellington Reis e o atacante Hygor Silva. Os atletas estariam em fase final de tratamento com os fisioterapeutas do clube, ambos se recuperando de dores na coxa esquerda.

Já o aproveitamento do meia Tomas Bastos, lesionado na coxa direita, e o volante Anderson Uchôa, imagina-se, terão de esperar mais um tempo. Como a diretoria até ontem não havia anunciado um novo amistoso, após o do meio de semana, contra o Dragão da Maracangalha, com entrada franca para o torcedor, é possível que os atletas só voltem a estar à disposição de Dos Anjos para o jogo na Arena Pantanal, na cidade de Cuiabá. Mas, questionado se já possui na cabeça o time que pretende mandar a campo contra o Dourado, Dos Anjos saiu pela tangente.

“Ainda temos algumas coisas pendentes”, alegou o treinador. “Se conseguirmos resolver todas estas questões pendentes até o dia do jogo, vamos manter a nossa base para a estreia”, prosseguiu o treinador. A base a qual Dos Anjos se referiu deve ser Giovanni; Tony, Micael, Perema e Brunbo Collaço; Anderson Uchôa, Wellington Reis e Tomas Bastos (Thiago Primão); Hygor Silva, Nicolas e Vinícius Leite. “A ideia é tentar ter o Tomas, mas precisamos esperar um pouco mais para termos a certeza de que o atleta estará em condições”, salientou.

Oportunidade já aparece nos amistosos bicolores

O amistoso do último domingo, contra a Tuna Luso, foi um sinal evidente do interesse verdadeiro do técnico Hélio dos Anjos de aproveitar o máximo de jogadores na base no elenco profissional do clube em 2020. No segundo tempo da partida, o treinador utilizou praticamente a equipe inteira do Paysandu formada por garotos das divisões inferiores. Alguns dos atletas utilizados já estão integrados ao plantel , casos, por exemplo, do goleiro Paulo Ricardo, do volante Yure e dos atacantes Bruce e Aslen.

O volante Yuri foi um dos atletas mais elogiados por Dos Anjos. “Ele (Yuri) foi, na minha concepção, um dos jogadores que mais cresceram desde que cheguei aqui (no Paysandu)”, afirmou. Por sua vez, o meio-campista festeja a atenção. “É sempre é bom contar com jogadores da base. Assim como estou tendo oportunidade, outros atletas da base, que também possuem qualidades, podem ser aproveitados”, disse Yuri, que chegou a ser cogitado para estrear no profissional em um dos jogos contra o Bragantino, pela semifinal da Copa Verde.

Além dos atletas já mais envolvidos no trabalho do dia a dia com os profissionais, o treinador também utilizou outros atletas vindos do sub-20 diante da Lusa, casos de Lucas Geovanni, Marco Antônio e Bruce. “Não se trata de aposta. Trata-se de criar condições para que sejam realidade num futuro próximo”, aponta o treinador, “Brevemente vamos ter novos jogadores da base envolvidos com os profissionais”.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS