Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

TEMPO

Elenco bicolor treina e estuda Cuiabá

quinta-feira, 31/10/2019, 08:10 - Atualizado em 31/10/2019, 08:22 - Autor: Nildo Lima


Hygor Silva acredita que a equipe estará 100%, física e tecnicamente, para a decisão
Hygor Silva acredita que a equipe estará 100%, física e tecnicamente, para a decisão | Jorge Luiz/PSC

Reintegrado ao elenco do Paysandu, após ter prolongado as miniférias de 10 dias dada pela diretoria, o atacante Hygor Silva falou, ontem, no estádio da Curuzu, sobre o adversário da final da Copa Verde, o Cuiabá-MT. Ele contou que assistiu ao jogo em que o time do Mato Grosso derrotou o Goiás, no tempo normal e nos pênaltis, pelas semifinais do torneio regional, e que viu predicados na equipe do técnico Marcelo Chamusca. O jogador destacou pelo menos um dos setores do próximo oponente bicolor: o lado direito de ataque.

“Deu para ver que vamos enfrentar uma equipe que se posta bem, muito forte, muito bem treinada e com jogadores de muita qualidade, alguns que até jogamos contra”, elogiou o atacante. “É uma boa equipe e que tem o lado direito muito forte”, apontou Hygor.

Sobre os preparativos do Papão para encarar os 180 minutos da final do torneio, o atacante bicolor se mostrou confiante: “Acredito que para esse primeiro jogo da decisão nossa equipe vai estar preparada, com praticamente 100% física e tecnicamente”, previu.

Voltando a falar sobre o Dourado, Hygor ratificou sua opinião quanto ao potencial do mandante do jogo de ida. “A gente sabe que lá em Cuiabá vamos enfrentar um adversário muito forte jogando dentro de casa”, reafirmou o atacante.

Hygor explicou a demora em sua reapresentação. O atleta só deu as caras na Curuzu na última terça-feira, iniciando os treinamentos com vistas ao próximo compromisso do Papão. “Não me apresentei (antes) por estar em Araraquara tentando resolver o meu aditivo. Estava lá tentando resolver essa situação, pois sabia que esse aditivo iria dar certo”, informou.

MARATONA DO CUIABÁ

- O fato de estar em plena atividade na Série B do Brasileiro, que, em princípio, parece ser uma vantagem para a final da Copa Verde, contra o Paysandu, nos dias 14 e 20 de novembro, poderá representar um adversário extra para o Cuiabá. É que o Dourado, como é chamado, enfrentará uma verdadeira maratona de jogos pela Segundona. A equipe do técnico Marcelo Chamusca, que empatou, por 3 a 3, com o Coritiba-PR, na última terça-feira, a partir de agora tem outros 4 jogos a cumprir pelo Brasileiro em 11 dias.

- O Dourado enfrentará, no próximo mês, pela ordem, Bragantino-SP e CRB-AL, em casa, São Bento-SP, fora, e América-MG, novamente na Arena Pantanal, nos dias 1º, 5, 8 e 11, respectivamente. Após a partida de ida da decisão da Copa Verde, na Arena Pantanal, o Dourado ainda deve enfrentar o Figueirense-SC antes do jogo de volta.

- Como não vem adotando uma espécie de time B na Copa Verde, o desgaste poderá ser sentido pelo adversário bicolor. Isso não impede, porém, que Chamusca decida poupar alguns de seus atletas. Mas, neste caso, o time correria o risco de se afastar ainda mais do G4 da Série B - hoje, é 12º, com 41pontos. O Coritiba é o último time do G4, com 49 pontos.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS