Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

BOAS NOTÍCIAS

Jogadores do Papão são liberados para a final da Copa Verde

quarta-feira, 30/10/2019, 11:12 - Atualizado em 30/10/2019, 11:10 - Autor: Nildo Lima


Hygor foi liberado pela Ferroviária para reforçar o Papão contra o Cuiabá jorge luiz/psc
Hygor foi liberado pela Ferroviária para reforçar o Papão contra o Cuiabá jorge luiz/psc | Jorge Luiz/PSC

O técnico Hélio dos Anjos, que tanto reclamou, e com toda a razão, do distanciamento longo dos jogos finais da Copa Verde, ganhou duas boas notícias para amenizar sua insatisfação. O meia-atacante Tomas Bastos, que estava entregue ao Departamento de Saúde do clube, tratando de uma lesão na parte posterior da coxa direita, e o atacante Hygor Silva, que se encontrava em São Paulo, voltaram a treinar, anteontem, na Curuzu. O primeiro ainda em fase de transição e o segundo à parte, também, mas para recuperar o condicionamento físico, afetado pelo tempo que passou afastado do elenco, desde o último Re-Pa.

Bastos sentiu a lesão no jogo de ida pela Série C do Brasileiro, contra o Náutico-PE, sendo obrigado a entrar em tratamento, o que o tirou do primeiro Re-Pa, pelas semifinais da Copa Verde. Na volta ao time no segundo clássico contra o maior rival, o meio-campista voltou a sentir e, novamente, retornou ao DS. Agora, totalmente refeito da lesão, o atleta busca recuperar o condicionamento físico. É provável que na semana que vem, ele já esteja reintegrado ao elenco, passando a ser opção para o treinador.

Tomas Bastos vinha sendo uma das referências da equipe, se destacando não só pela criação das jogadas ofensivas do time a partir do meio de campo, mas, também, autor de gols. Foram cinco tentos marcados com a camisa bicolor. Tudo indica que o jogador disputará vaga como titular do Papão com Thiago Primão.

HYGOR

Já Hygor se encontrava em Araraquara (SP), negociando com a Ferroviária, seu clube de origem, a liberação para que ele pudesse estar à disposição de Dos Anjos para os jogos da final da CV, contra o Cuiabá-MT, nos dias 14, na Arena Pantanal, e no dia 20, no Mangueirão. O atleta, que teria exigido o pagamento de um mês de salário antecipado por parte do Papão, para assinar o aditivo, já teve o seu nome incluído no Boletim Informativo Diário (BID), da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o que o deixa em condições legais para as partidas.

Nas semifinais da CV, Hygor chegou a marcar um dos gol na vitória por 3 a 1 sobre o Clube do Remo. A expectativa é de que ele se mantenha como titular.

PEDE AO TIME CONCENTRAÇÃO

A volta da concentração do time aos jogos oficiais na temporada. Este é, segundo revelou, ontem, o lateral-esquerdo Diego Matos, uma das cobranças do técnico Hélio dos Anjos aos seus jogadores com vistas à partida do dia 14 de novembro, contra o Cuiabá-MT, pela abertura da decisão da Copa Verde. “Ele vem pedindo que a gente retome o foco que tivemos antes da parada. Sabemos da crescente que tivemos com a chegada do Hélio e agora ele quer isso, que a gente mantenha o foco no título”, disse.

O defensor admitiu que a sequência do time, que disputava paralelamente a Série C do Brasileiro de a Copa Verde, foi afetada pela “miniférias” concedidas ao elenco, após a classificação à final do torneio.

“Agora já tivemos uma boa sequência de treinos que deu para aprimorar um pouco tanto a parte física quanto a parte técnica”, complementou.

O lateral acredita que os amistosos pedidos pelo treinador - cerca de 3 partidas, uma já confirmada, contra a Tuna Luso - poderá amenizar a quebra da sequência de jogos. “Temos esse primeiro jogo contra a Tuna e podemos ir começando a readquirir o ritmo de jogo para que a gente possa fazer uma boa partida e trazer um bom placar para Belém”.

Sobre o fato do Papão decidir o título em casa, no dia 20 de novembro, Matos salientou: “Vai ser um jogo de 180 minutos. O jogo aqui vai ser bom, mas pra isso a gente vai ter de ir lá em Cuiabá e fazer um bom resultado para fazermos valer o mando de campo com o apoio de nossa torcida”, disse.

“O Cuiabá está uma Série acima de nós (Série B), mas isso não significa que o adversário seja superior ao Paysandu. Podemos fazer, no dia 14, uma ótima partida lá”, aposta.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS