Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

DECISÃO

O maior duelo do mundo: acompanhe aqui o lance a lance de Paysandu e Remo

domingo, 06/10/2019, 10:19 - Atualizado em 06/10/2019, 14:25 - Autor: Nildo Lima


| Jorge Luiz/PSC

Principais protagonistas do futebol da região Norte, Paysandu e Clube do Remo vivem hoje um dia de decisão. Ainda não é pelo título da Copa Verde, mas a vitória deixará uma das equipes mais perto do troféu do torneio. Papão e Leão se enfrentam, às 16h, pelo jogo de volta da semifinal da competição, sem que nenhum deles tenha vantagem a partir do momento em que a bola rolar. Como o clássico de ida terminou com o empate, por 0 a 0, só a vitória representará o carimbo no passaporte de azulinos e bicolores para a grande decisão contra o classificado do confronto entre Cuiabá-MT e Goiás-GO.

Em caso de um novo empate, indiferente se com gols ou não, a decisão ocorrerá nas cobranças de tiros livres da marca do pênalti, conforme determina o regulamento da disputa. O detalhe deve servir de chamariz para atrair público ao estádio. A expectativa é de que o número de torcedores pagantes seja superior aos 16 mil e uns quebrados registrados no primeiro clássico da CV, podendo até superar as quase 35 mil pessoas que pagaram ingressos no 2º Re-Pa valendo pela Série C do Brasileiro, o maior público até aqui em clássicos na temporada.

Além da vaga na final do torneio, os clubes, claro, estão de olho na bolada de dinheiro nas bilheterias do clássico e que será, com toda a certeza, engrossada com o jogo da final em casa. A grana vem na hora em que Leão e Papão mais precisam para amortizar dívidas contraídas na temporada e que foram agravadas com a eliminação de ambos os times na Série C. Vil metal à parte, dentro de campo, Papão e Leão pretendem brindar seus torcedores com a ida à final da CV, última competição do calendário dos clubes em 2019.

Pela 8ª vez na história da CV, os tradicionais rivais estarão tête-à-tête, com os bicolores levando vantagem no retrospecto. São 4 vitórias bicolores, 2 empates e apenas 1 vitória remista. Todas as partidas valendo pela fase semifinal do torneio. O Papão, que ostenta 20 partidas de invencibilidade este ano (5 vitórias e 15 empates), busca a sua terceira conquista do torneio, visto que foi campeão em 2016 e 2018. Já o Leão busca o seu primeiro título.

Os azulinos estiveram bem perto de colocar a mão na taça, em 2017, mas, depois de terem vencido o jogo de ida, por 4 a 1, em Belém, acabaram entregando o troféu ao Cuiabá-MT na partida de volta, quando caíram por 5 a 1. O resultado até hoje é considerado como o revés de maior surpresa na história recente do time, que pretende se redimir na edição deste ano, começando por eliminar o maior rival.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS