Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

ARBITRAGEM POLÊMICA

Dewson Freitas tem histórico de erros em Re-Pa e gera incertezas de azulinos e bicolores

quinta-feira, 26/09/2019, 18:33 - Atualizado em 26/09/2019, 18:33 - Autor: Diario Online


| Diego Beckman/DOL

A escolha de Dewson Fernando Freitas para apitar o clássico Re-Pa na semifinal da Copa Verde ocorreu nesta quinta-feira (26), mas já levanta dúvidas de torcedores dos dois lados, pois o jogo é o primeiro da fase semifinal da Copa Verde.

Em dados históricos, este será a oitavo vez que o paraense irá apitar o “Superclássico da Amazônia” e, desde o primeiro Re-Pa, em 2012 até hoje, algumas polêmicas giram em torno de sua atuação.

Confira algumas:

■ 26/01/2013 – No primeiro Re-Pa de 2013, o Remo venceu por 2 a 1 e os bicolores reclamaram de um lance duvidoso. O placar ainda estava 1 a 0 para o Leão quando Iarley foi seguro por Mauro dentro da área. O lance seguiu.

■ 22/05/2014 – No primeiro jogo do returno do Parazão, novamente Re-Pa e novo lance polêmico. O Papão vencia por 2 a 1 quando Fabiano falhou e Lima colocou para dentro, mas Dewson Freitas marcou falta do atacante. O lance gerou reclamação da Fiel.

■ 20/01/2016 – Agora é a Copa Verde e a reclamação muda de lado. Em lance rápido, Betinho em posição irregular lança Leandro Cearense que marca o gol da vitória do Paysandu por 2 a 1 sobre o Remo. Os azulinos ficam na bronca com o árbitro que validou o gol.

26/03/2017 – Em Re-Pa válido pelo Parazão, o Papão vencia por 1 a 0, mas jogou praticamente o jogo todo com dez em campo. Ricardo Capanema foi expulso ainda no primeiro tempo e no lance seguinte, jogadores como Emerson e Bergson foram para cima de Dewson pedir cartão vermelho para o azulino Tsunami, em falta dura no atacante bicolor. Sobrou para Fernando Leite, dirigente bicolor que foi expulso ao invadir o gramado no intervalo.

17/02/2019 – O último Re-Pa apitado por Dewson teve bronca do lado remista, que com dois jogadores expulsos, sendo um de forma direta. Dewson também não viu uma falta por trás de Bruno Collaço em Emerson Carioca quando o jogo estava 2 a 0 para o Paysandu.

A escolha do árbitro inclusive foi assunto no Twitter, onde o ex-presidente do Paysandu, Alberto Maia, quer uma vigilância em cima do árbitro.

 

Certo mesmo é de que o paraense Dewson Freitas entra para a história, pois irá apitar o clássico 750 da história do Re-Pa.

ASSISTA AO VIVO AOS JOGOS DE REMO E PAYSANDU NA SÉRIE CDO BRASILEIRÃO DE GRAÇA POR 1 MÊS. APROVEITE O LANÇAMENTO DO DAZN BRASIL!

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS