Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

DOL AJUDA

Veja como ajudar mais de 600 jovens do União Paraense Futebol Clube

quarta-feira, 25/09/2019, 11:01 - Atualizado em 25/09/2019, 11:01 - Autor: Diario Online


Dentre outros desafios dos garotos está a federalização e assim poder disputar partidas oficiais de futebol
Dentre outros desafios dos garotos está a federalização e assim poder disputar partidas oficiais de futebol | Divulgação

Esporte, alimentação saudável, ambiente tranquilo, ajudam no crescimento do ser humano e toda criança merece crescer em local acolhedor e com pessoas amorosas, embora em muitos casos a realidade seja bem diferente para muitas delas, principalmente aquelas que desde cedo precisam aprender a lutar sozinhas.

Pensando nisso, a associação União Paraense Futebol Clube acolhe mais de 600 crianças com foco no esporte e bem estar há quase dois anos. Danielle Almeida, idealizadora do projeto, é responsável pela criação de tudo, desde a criação do nome, o estatuto, ata, etc.

“O União Paraense não tem dono, não é meu, não é de ninguém especificamente é nosso, de todos nós! O objetivo é realizar sonhos, ver esses meninos com futuro no futebol. Meu irmão é jogador, perdeu grandes oportunidades na vida dele, por pessoas que só pensavam em dinheiro. Fui criada desde os 6 anos de idade no meio futebolístico”, explicou.

JUNTOS PARA A SEGUNDINHA

Os meninos já disputaram algumas competições esse ano. Sub 15, sub 17, sub 20 e agora vão em busca da Segundinha do Campeonato Paraense. O desafio além de treinos, é dar vários outros suportes aos jovens. O maior desafio são com os jovens do interior do estado, que são a maioria do projeto.

“Mudamos vida por meio do futebol. As famílias são humildes, não possuem condições, por este motivo, não cobramos mensalidades. Não temos apoio do governo, e nem patrocínio”, destacou Danielle.

Assim, os jovens ficam morando no próprio clube. Ou seja, eles precisam de alimentação e alojamento.

Hoje o maior entrave do projeto é a parte financeira. “As contas são muito altas. As taxas são altíssimas da Federação Paraense de Futebol (FPF). Precisamos pagar os boletos, de bolas, uniformes, médicos entre outras coisas.”, explicou.

Atualmente, o União Paraense Futebol Clube está localizado na rua Nova Uriboca, em Marituba, Região Metropolitana de Belém. Os times são treinados por Josué, no sub-15, e o ex-bicolor Albertinho, comanda o sub-20.

“Mesmo com todas essas contas altas e dificuldades, nós estamos aqui, então não podemos reclamar. Ninguém pode. Os jovens estão longe da família, um deles perdeu o pai recentemente e ele não falta nenhum jogo. Era o pai seu maior incentivador, o que comandava a torcida, ele sofreu um acidente de moto. E hoje o filho, está aqui, no projeto em busca de sonho”, contou Danielle.

Quem tiver interesse em ajudar o União Paraense Futebol Clube existe muitas maneiras de fazer, além da doação de dinheiro pode participar da rifa de um carro disponível. As informações podem ser encontradas no perfil no Instagram @uniaoparaensefc .

 

Conta para depósito 

Banco Caixa Econômica Federal - C/C

Titular: UNIÃO PARAENSE FUTEBOL CLUBE

Agência: 2132

OP:003

Conta Corrente: 514-0

CNPJ: 29.737.662/0001-20

Contato

(91) 983216333 whatsapp

(91) 983075151 ligação


Dentre outros desafios dos garotos está a federalização e assim poder disputar partidas oficiais de futebol
Dentre outros desafios dos garotos está a federalização e assim poder disputar partidas oficiais de futebol | Divulgação
Dentre outros desafios dos garotos está a federalização e assim poder disputar partidas oficiais de futebol | Divulgação
Dentre outros desafios dos garotos está a federalização e assim poder disputar partidas oficiais de futebol | Divulgação
Dentre outros desafios dos garotos está a federalização e assim poder disputar partidas oficiais de futebol | Divulgação
Dentre outros desafios dos garotos está a federalização e assim poder disputar partidas oficiais de futebol | Divulgação
Dentre outros desafios dos garotos está a federalização e assim poder disputar partidas oficiais de futebol | Divulgação

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS