Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
32°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

OLÉ!

Título de "persona non grata" a Vuaden ganha repercussão internacional

terça-feira, 17/09/2019, 15:36 - Atualizado em 17/09/2019, 16:05 - Autor: Tomas Tavares


O árbitro gaúcho marcou um pênalti, aos 49 minutos do segundo tempo, quando o Paysandu estava em vantagem para se classificar
O árbitro gaúcho marcou um pênalti, aos 49 minutos do segundo tempo, quando o Paysandu estava em vantagem para se classificar | Divulgação

A polêmica envolvendo o Paysandu, a CBF e o árbitro Leandro Vuaden, após o fatídico jogo do último dia 8, pela Série C do Campeonato Brasileiro, ganhou repercussão internacional, nesta terça-feira (17). 

O famoso jornal argentino “Olé!” publicou uma matéria sobre  o título de “persona non grata” dado a Vuaden pela Câmara Municipal de Belém. “Um árbitro ‘non grato’ em Brasil”, diz a reportagem, estampando uma foto do juiz gaúcho.

Veja mais:

Imprensa nacional critica pênalti decisivo em favor do Náutico: 'absurdo'

Deputado federal reage contra árbitro de Papão x Náutico: "juiz ladrão!". Veja o vídeo!

O artigo também enfatiza (em negrito) que o Paysandu foi “aquele time” que enfrentou o Boca na Libertadores de 2003, mas que agora “perambula pela Série C de seu país”.

Eles explicam que tudo aconteceu porque o juiz marcou um pênalti aos 49 do segundo tempo, dando chance para o Náutico empatar o jogo, vencer a rodada e deixar o Paysandu fora da Série B 2020.

Os argentinos também falam que nem todos os paraenses estão com raiva da atitude de Vuaden. “O Clube do Remo, rival do Paysandu, festejou a eliminação e torcedores levaram uma foto gigante do árbitro. Vilão para uns, herói para outros”, diz um trecho da reportagem.

Veja a matéria do Olé aqui


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS