Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


31°
R$

Esporte / Esporte Pará

FOI QUASE, PAPÃO

No último minuto! Paysandu perde nos pênaltis e fica fora da Série B

domingo, 08/09/2019, 20:19 - Atualizado em 08/09/2019, 23:24 - Autor: Gustavo Dutra


| Portal Cultura

O Paysandu chegou a sentir o gosto da Série B, mas ela escapou do time bicolor da forma mais dolorosa possível. Nos pênaltis, o time bicolor perdeu para o Náutico-PE por 5 a 3, após o empate em 2 a 2 no tempo normal, neste domingo (8), em Recife (PE)

VEJA COMO FOI O JOGO

E MAIS:

Remo tira sarro na web com o rival

Lance polêmico divide opiniões. Foi pênalti ou não?

Paysandu vira assunto nacional no Twitter

O jogo começou com os dois times nervosos em campo, com passes errados e até discussões entre os reservas, onde no aspecto disciplinar, o árbitro gaúcho Leandro Pedro Vuaden teve muito trabalho.

Lance de emoção somente aos 20 minutos, quando o goleiro Mota falhou e deu a bola de presente para o meia Jean Carlo, que chutou em cima do zagueiro Micael deixando a Fiel Bicolor suando frio.

Se a zaga bicolor evitou o gol de Jean Carlo, o mesmo não se pode dizer da defesa alvirrubra. Melhor para o talismã da Curuzu, o menino Vinicius Leite que chutou e contou com o desvio da zaga para silenciar os Aflitos. Papão 1 a 0 aos 25 minutos.

Depois do gol, o Timbu sofreu um verdadeiro apagão e teve prejuízos: o atacante Rafael Oliveira deixou o campo machucado com 30 minutos e por pouco não tomou o segundo, onde Nicolas ficou de cara para o goleiro Jefferson, mas dessa vez, a zaga evitou o segundo gol do time bicolor.

Na única jogada do Náutico-PE após o gol, a torcida ficou no quase na cabeçada de Josa, que foi para fora após cruzamento de Willian Simões.

No segundo tempo, os deuses do futebol pareciam estar do lado bicolor quando aos dez minutos, Nicolas faz um golaço após cruzamento de Wellington Reis. Paysandu 2 a 0.

A festa bicolor deu lugar a angústia pernambucana, que parecia ver o acesso escapar, mas aos 20 minutos, o time da casa chegou ao seu primeiro gol com Álvaro, após cruzamento de Willian Simões.

A partir daí tensão, agonia e aflitos tomaram conta de bicolores e alvirrubros. Anderson Uchoa perdeu uma chance de cara aos 35 minutos, onde o goleiro Jefferson salvou e este duelo acabou sendo crucial para o jogo, mas isso a gente conta lá na frente.

Quando os bicolores estavam prontos para comemorar o acesso, o árbitro marcou pênalti no toque de mão de Anderson Uchoa. Na confusão, o Paysandu ainda perdeu o zagueiro Perema, que foi expulso e do lado de fora viu Jean Carlo empatar o jogo.

Nas cobranças de penalidades, os jogadores de Paysandu e Náutico-PE converteram até que Wellington Reis, que havia perdido um gol de cara parar na defesa do goleiro Jefferson e coube a Matheus Carvalho marcar o gol do acesso do Náutico-PE.

O Paysandu volta a campo agora pela Copa Verde contra o Bragantino, nesta quarta-feira (11), no estádio Mangueirão, em Belém (PA).

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO-PE: Jeferson; Hereda, Camutanga, Diego e Willian Simões; Jimenez (Jhonnatan), Josa e Jean Carlos; Thiago (Matheus Carvalho), Álvaro e Rafael Oliveira (Wallace Pernambucano)

Técnico: Gilmar Dal Pozzo

PAYSANDU: Mota; Tony, Perema, Micael e Bruno Collaço; Anderson Uchoa, Wellington Reis e Tomás Bastos (Thiago Primão); Nicolas, Vinicius Leite e Hygor.

Técnico: Hélio dos Anjos

ÁRBITRO: Leandro Pedro Vuaden (FIFA-RS)

ASSISTENTES: Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

CARTÕES AMARELOS: Caíque Oliveira, Anderson Uchoa e Nicolas (PSC)

LOCAL: estádio Eládio Barros de Carvalho (Aflitos) / Recife (PE)

ASSISTA AO VIVO AO ENTRE NÁUTICO-PE X PAYSANDU NA SÉRIE CDO BRASILEIRÃO DE GRAÇA. APROVEITE O LANÇAMENTO DO DAZN BRASIL!

 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS