Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

SEQUÊNCIA DE LUTAS

Deiveson Figueiredo já tem outro confronto marcado este ano para o UFC

quinta-feira, 08/08/2019, 19:42 - Atualizado em 08/08/2019, 20:11 - Autor: Bruna Dias


| UFC/Reprodução

Sem tempo para descansar, o paraense Deiveson Figueiredo, o Deus da Guerra, já deu início a uma nova preparação. O peso-mosca enfrenta o americano Tim Elliott no dia 12 de outubro, no UFC San Francisco. "Na verdade, a minha preparação já começou sim. Começo de manhã cedo, na academia, fazendo cardio. Mas claro, tudo especifico para luta”, disse.

Assista à Copa Sul-Americana, Série C do Brasileirão, Série A Italiana, Ligue 1 Francesa, WTA e muito mais. APROVEITE O LANÇAMENTO DO DAZN BRASIL!

O próprio lutador confirmou o confronto nas suas redes sociais.

Para o confronto, Deiveson segue seguro e animado. "O Tim é um cara que não tem pegada, mas é chato porque ele luta colocando para baixo. A gente não sabe a hora que ele vai entrar para botar pra baixo. Mas, meu jogo é muita movimentação, eu treino muito isso. A minha intenção é fazer ele cometer erros para que ele possa cair nas minhas mãos e nocauteá-lo. Quero aproveitar os vacilos dele. Ele dá muito as costas, o pescoço, então a minha estratégia é trabalhar em cima desses pontos fracos, onde eu vejo que ele peca muito, para que eu posso terminar a luta nisso”, analisou o lutador.

O marajoara atropelou o Alexandre Pantoja em uma luta sangrenta no fim de julho, no UFC 240. A luta foi uma das mais emocionantes, inclusive, cada um deles levou US$ 50 mil (cerca de R$ 189 mil) por conta do duelo eletrizante.

Nas seis lutas pelo UFC, Deiveson soma cinco vitórias e apenas uma derrota. Marco Antonio Beltran, Jarred Brooks, Joseph Morales, John Moraga e Pantoja, foram derrubados por ele.

Deiveson Figueiredo faz luta eletrizante e garante vitória do número 3 do ranking

Entrevista:'Deus da Guerra' quer recuperação e nocaute no UFC 240

Jussier Formiga foi o único que conseguiu passar por Deiveson, mas vale lembrar, que na ocasião, o Deus da Guerra estava contundido.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS