Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

AVENTURA

Para fechar o verão com chave de ouro tem Rallye do Sol

sexta-feira, 26/07/2019, 07:37 - Atualizado em 26/07/2019, 08:32 - Autor: Denilson D'Almeida


As orientações já foram passadas, agora é se preparar bem para a disputa do rallye, amanhã (27)
As orientações já foram passadas, agora é se preparar bem para a disputa do rallye, amanhã (27) | Olga Leiria

Cento e cinquenta apaixonados por automobilismo irão participar da 23ª edição do Rallye do Sol, amanhã (27). A competição – que é a maior prova off-road da região Norte do Brasil – deve encerrar, com chave de ouro, o verão paraense. Uma disputa na qual a velocidade não é principal estratégia dos competidores, que precisam estar atentos à navegação e consistência a fim de manter a regularidade do jogo. Ontem (25), os participantes assistiram a mais uma palestra de instrução sobre o rallye e ficaram por dentro das novidades deste ano – inclusive da mudança do ponto de partida, que agora será da área em frente à Prefeitura de Benevides, na Região Metropolitana de Belém, e não mais do posto Marajó, próximo ao trevo de acesso a Mosqueiro.

O Rallye do Sol é promovido pela Federação Paraense de Automobilismo e, pelo segundo ano, conta com o apoio do jornal DIÁRIO DO PARÁ, RBATV, rádios 99 FM e Clube AM, e também portal DOL – o Diário Online.

Na palestra de ontem, realizada no auditório do Grupo RBA (Rede Brasil Amazônia de Comunicação), foi entregue o briefing da competição e um mapa das rodovias estaduais e federais circunscritas no trajeto do rallye. O coordenador geral do evento, Antônio Neto, deu instruções sobre a navegação, apresentou a planilha que será usada pelos participantes e explicou as regras da competição. “Os participantes precisam ter ‘Cazuza’ na cabeça e levar em consideração que ‘o tempo não para’. O rallye não é uma prova de velocidade, mas eles precisam seguir o tempo certo para manter a regularidade do percurso. Segundos a mais, segundos a menos, conta pontos e pode fazer a diferença no final”, atentou Neto.

O percurso terá um total de 354 km - cortando 40 localidades, dentre municípios, vilarejos e fazendas - e deverá ser feito num intervalo de aproximadamente oito horas. “Todo ano o percurso muda e este ano os competidores vão enfrentar uma rota mais seca pela região nordeste paraense, mas teremos olhos d’água e igarapés como obstáculo”, disse Antônio.

Para o casal Elvis Gatinho, 32, e Tamires Nascimento, 31, que estarão estreando no Rallye do Sol, a palestra ajudou a eles terem um norte durante o trajeto. “A ideia partiu dela em participar e eu aceitei”, disse Elvis, que é jogador de futebol americano e está entusiasmo em ingressar também no esporte automobilístico. Eles alugaram um jipe para participar da competição. Caberá a Tamires a função de navegador da dupla.

Em 26 anos de tradição, o Rallye do Sol tem ajudado a fomentar diversos grupos de adeptos ao automobilismo que acabam participando também de competições nacionais. Este é o caso, por exemplo, do casal Fabio Raiol, 38, e Débora Franco, 39, que irão disputar pelo 6º ano consecutivo o rallye. Eles levam ainda os filhos Lucas, 12, e Gabriela, 15, na empreitada. “Já preparamos o carro e fizemos todas as revisões necessárias. Será uma surpresa apresentar a ‘Atrevida’ (nome dado a Hilux da família) nesse certame”, frisou Fabio, que aposta em sua experiência nas estradas para subir ao pódio pela quarta vez. A família participa do rallye na modalidade Graduado.

Confira algumas dicas importantes para quem vai participar do Rallye do Sol:

- Leve água para manter o corpo hidratado;

- Evite deixar objetos soltos pelo carro, inclusive os cronômetros;

- Coloque corretamente todos os adesivos do rallye;

- Não são permitidos o consumo e o transporte de bebidas alcoólicas;

- Mantenha os faróis acesos durante todo o percurso;

- Anote o tipo sanguíneo nas portas dos veículos;

- Atente sempre para as leis de trânsito.

EM NÚMEROS

9 categorias - Este ano, o Rallye do Sol terá 9 categorias, sendo 4 para motocicletas e 5 para carros.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS