Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

TEM SORTE!

 Time azulino não deixou o G4 mesmo sem vencer há seis rodadas

quarta-feira, 24/07/2019, 09:02 - Atualizado em 24/07/2019, 09:10 - Autor: Matheus Miranda de Oliveira


Treinador azulino quer resgatar a confiança do time e voltar a vencer na competição
Treinador azulino quer resgatar a confiança do time e voltar a vencer na competição | Maycon Nunes

Desde que viu a sua invencibilidade de sete partidas nesta fase classificatória da Série C ser derrubada, o Clube do Remo alternou entre bons e maus momentos dentro de campo. Mas o fato é que, mesmo quando jogou bem, não conseguiu mais nenhuma vitória, o que perfaz, hoje, um total de seis partidas seguidas sem sair com o braço erguido. Dos 18 pontos disputados, no mínimo, o Leão deixou de ganhar 12, todos provenientes das suas últimas quatro partidas, quando teve oportunidades claras de conquistar a vitória. Em vez disso, foram somente quatro pontos adquiridos.

Por outro lado, apesar da seca de triunfos, os azulinos se garantiram por mais uma rodada na zona de acesso do Grupo B da Terceirona, algo que é visto como o diferencial para a realização das cinco partidas finais desta etapa de grupo.

O empate do maior rival contra o Volta Redonda em 0 a 0, na segunda-feira (22), tirou um pouco do peso dos remistas justamente pela sua manutenção no G4, continuando na quarta colocação. O interessante desta situação toda é que mesmo sem garantir os três pontos há mais de um mês, o Remo é a única agremiação da Série C que jamais ficou de fora do grupo dos quatro classificados para a segunda fase da competição.

A colocação, embora positiva, no entanto, é a mais arriscada desde que deixou de vencer no certame, ao passar da segunda colocação, onde ficou da oitava a nona rodada, para a terceira da décima até a décima primeira e, por fim, há duas rodadas na quarta posição, empatado na pontuação com o quinto colocado, com 19 pontos.

A permanência em uma posição na qual classifica o time ao mata-mata, para o treinador Márcio Fernandes é algo que motiva todos a buscarem o equilíbrio necessário para que o time volte a trazer os resultados ao seu favor. “Ainda estamos no G4. Estamos na parte de cima desde o começo, somos a única equipe que está desde a primeira roda. Isso não dá garantias, só motiva. O Remo vai buscar a classificação. Precisamos nos atentar em alguns pontos que estamos deixando passar. Precisamos resgatar esse brilho, confiança, para sair dessa sequência (negativa)”, destacou o técnico.

DE IGUAL PARA IGUAL

- Na tabela, as posições são diferentes: enquanto o Leão segue na zona de classificação, o Atlético-AC continua na última colocação. Porém, o retrospecto de ambas as equipes tem deixado a desejar na competição. Sem vencer há seis jogos, o Leão visualiza o adversário desta rodada na mesma toada, com cinco partidas sem triunfar, além de uma campanha que conta com apenas uma vitória. De certo modo, isso levaria aos azulinos tranquilidade, contudo, contra adversário de retrospecto negativo, os paraenses já vacilaram em campo, como contra o Luverdense, vice-lanterna, na reabertura do Baenão, ao ter empatado em casa após ter levado sufoco no primeiro tempo.

- Desse modo, embora o rival esteja debilitado na competição, os jogadores azulinos vão prontos para um jogo duro. “Vamos em busca da vitória porque só podemos mudar isso se vencermos. Mas vai ser um jogo de igual para igual, onde nenhuma das equipes quer perder. Pelo contrário, eles vão vir com tudo e nós também. Temos que trabalhar bem nessa semana para colocar o nosso ritmo”, disse o volante Djalma.

JOGO MANTIDO

- Havia a possibilidade de mudança por causa da não garantia dos órgãos de segurança, mas o jogo entre Clube do Remo e Atlético-AC seguirá com a data e horário originais, neste sábado (27), às 19h15, no estádio Florestão, em Rio Branco (AC). Apesar da recomendação da federação local, a CBF não irá alterar a programação.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS