Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
32°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

SETOR OFENSIVO

Erros estão custando caro para o Papão e mudando a posição do time na tabela da Série C 

terça-feira, 16/07/2019, 10:27 - Atualizado em 16/07/2019, 10:34 - Autor: Onildo de Melo Lima


Nicolas ainda deixou o dele, mas perdeu outras chance clara. Ele e seus companheiros precisam melhorar
Nicolas ainda deixou o dele, mas perdeu outras chance clara. Ele e seus companheiros precisam melhorar | Jorge Luiz/PSC

Melhorar a produção do ataque do time é, provavelmente, a principal preocupação do técnico Hélio dos Anjos com vista aos jogos que o Paysandu fará seguidamente em Belém, contra o Volta Redonda-RJ e o Boa Esporte-MG, nas próximas segundas-feiras, 22 e 29, respectivamente. Depois do que se viu no empate, por 1 a 1, contra o Juventude-RS, no último sábado, quando o Papão perdeu gols por atacado, o que o levou a desperdiçar dois pontos fora de casa, o treinador deve exigir bastante dos jogadores de frente de sua equipe. Os próprios atacantes admitiram, após o jogo, que houve inoperância do setor.

Paysandu fará novo lote de ingressos para ter casa cheia contra o Volta Redonda-RJ

Pelo menos umas quatro chances claras de gols foram mal aproveitadas pelos atacantes do time bicolor. A mais nítida delas nos pés de Vinícius Leite, após o atacante fazer um “carnaval” na defesa inimiga, na reta final da partida, quando, de cara para o gol, mandou a bola pela linha de fundo. Os bicolores ainda tiveram a vitória nas mãos em lances protagonizados por Nicolas, que marcou o gol do time, Diego Rosa e Jheimy. “Tivemos quatro chances nítidas de gol quando estava 1 a 0, fecharia o caixão do Juventude”, contatou Hélio.

O treinador admitiu, na coletiva, que algo precisa ser feito para que o time melhore sua produção. Ele não chegou a se referir especificamente do ataque e nem precisava. “Temos alguns detalhes para melhorar”, afirmou o treinador, que não abre mão de somar seis pontos nos jogos que a equipe fará no Mangueirão. “Temos dois jogos dentro de casa. Sabemos que é muito difícil, mas temos que fazer os seis pontos. Isso será definitivo. Fazendo os seis pontos em casa, criamos muita condição de classificação”, ressaltou.

Para suplantar os adversários carioca e mineiro, o comandante do Papão voltou a pedir o apoio da Fiel a fim de pressionar os visitantes, mesmo com as partidas ocorrendo fora do “caldeirão” da Curuzu. “Agora é contar com o apoio dos nossos torcedores. O Paysandu tem torcida e isso pesa em uma hora dessa”, disse Hélio, que deverá ter, além dos treinos específicos para os jogadores do setor, conversas de “pé de ouvido” com os jogadores do setor de maneira individual, como costuma fazer, e coletiva.

O time retornou do Rio Grande do Sul no último domingo, trazendo na bagagem um ponto de Caxias do Sul, mas, também, a saída do G4 do Grupo B da Série C do Brasileiro. O Papão soma 18 pontos, ocupando a 5ª colocação da chave, tendo boas possibilidades de voltar a fazer parte do “pelotão” de frente da competição, desde que cumpra, óbvio, a obrigação de vencer em Belém.

Papão terá “reforços” para a próxima rodada

Fora dos dois últimos jogos do Paysandu - Tombense-MG e Juventude-RS -, por conta de lesões sofridas no joelho, os meias Leandro Lima e Tiago Luis já deverão estar aptos a enfrentar o Volta Redonda-RJ, na próxima segunda-feira (22), no primeiros dos dois jogos que o Paysandu fará seguidamente em Belém - o outro será na segunda-feira seguinte, 29, contra o Boa Esporte-MG. Os atletas, após um tempo entregues ao Departamento de Saúde do clube, finalizaram a etapa de transição em que buscam o recondicionamento físico.

Ainda em Caxias do Sul, depois do empate (1 a 1) diante do Juventude, o técnico Hélio dos Anjos deixou claro o desejo de contar com os atletas para o confronto com o Voltaço. “Jogamos os últimos dois jogos sem jogadores importantes, como o Leandro e o Tiago”, comentou o treinador, que também não pôde contar com o lateral-esquerdo Diego Matos, no jogo passado. O atleta se recupera de uma lesão sofrida no joelho direito durante o último treinamento do time em Belém, antes da viagem para a Região Sul.

Hoje, de acordo com a assessoria do clube, Leandro e Tiago serão reintegrados ao elenco já no treino da manhã, que marcará o início dos preparativos da equipe para a sua próxima partida na Série C. Assim sendo, são grandes as chances de os atletas serem relacionados para o confronto com o Volta Redonda. Hélio tem a semana cheia para trabalhar, depois de ter concedido folga ao elenco durante o dia de ontem, repouso, segundo o técnico “bastante importante” para que o grupo recupere o gás para a sequência do campeonato.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS