Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

LESÃO OU SUSPENSÃO

Remo sofre alterações por motivo de força maior

terça-feira, 16/07/2019, 10:17 - Atualizado em 16/07/2019, 12:43 - Autor: Matheus Miranda de Oliveira


Mimica espera voltar à zaga titular do Remo após desfalque de Fredson e Rafael Jansen
Mimica espera voltar à zaga titular do Remo após desfalque de Fredson e Rafael Jansen | Irene Almeida

Para jogo contra o Ypiranga-RS, na sexta-feira (19), 20h, a comissão técnica não contará com quatro atletas na delegação que seguirá viagem amanhã em direção a Erechim (RS). São eles os zagueiros Fredson e Rafael Jansen, o ala-esquerdo Daniel Vançan e o atacante Emerson Carioca.

Leão precisa ficar de olho na matemática com os 18 pontos ainda na disputa

Veja imagens da reapresentação do Clube do Remo

Na lateral e no ataque, o técnico Márcio Fernandes tem opções para preencher as vagas, diferentemente no setor defensivo, que hoje somente Mimica é atleta de ofício, algo que pode recolocá-lo no time titular depois de um longo período sem atuar.

No banco de reservas contra o Luverdense, Mimica destacou que está pronto e no aguardo de uma chance. Contudo, o zagueiro que é conhecido pela personalidade em campo, reiterou que precisa, ainda, passar por cima de detalhes. “Eu estou pronto. Já venho treinando com a rapaziada. Estou aqui. Falta perder o medo, mas o medo a gente só perde jogando, disputando bola. Se for a minha chance, vou trabalhar, treinar e fazer o que for para jogar e ajudar os companheiros”, adiantou.

MARCÃO

Caso seja escalado, Mimica fará dupla com Marcão, hoje, referência no setor defensivo, além do amparo ao ataque. Contra o Luverdense, o jogador chegou ao seu terceiro gol com a camisa azulina, marca superior a alguns companheiros de ataque. Para Marcão, que enaltece a marca individual, porém, o coletivo precisa se sobrepor. “Não podemos mais vacilar. A equipe teve um apagão. Fico chateado por não ter vencido, por tudo o que fizemos, pela festa. Temos que buscar logo a vitória, porque precisamos nos manter na parte de cima da tabela”, disse.

Não é só mudança obrigatória que se anuncia

Além das mudanças naturais no time do Clube do Remo, é aguardado que o treinador Márcio Fernandes também altere certas peças que não têm mantido regularidade nas últimas partidas para a próxima rodada. E a principal é o meia-atacante Carlos Alberto. Titular absoluto, no entanto, o jogador caiu de produção, sobretudo no final de semana, onde foi substituído em apenas 21 minutos de jogo. Guilherme Garré, dessa maneira, deve ocupar a função.

Garré destacou que a partida contra o LEC foi algo sem explicação. “Acho que tínhamos totais condições para sair com a vitória dessa partida. Foi um jogo atípico”, comentou, ao usar como base para fazer diferente contra o Ypiranga-RS. “É um jogo de 6 pontos, e dessa vez vai ser nós. Temos que focar nisso, porque como falei, temos totais condições de fazer o jogo lá”, acrescentou.

SEM GORDURA

No primeiro turno, o Leão criou uma gordurinha na parte de cima, mas que agora não existe. E como a partida será diante de um concorrente direto por uma vaga no G4, o time precisa vencer para voltar a se estabilizar no bolo de acesso.

“A gente está ciente de tudo isso. Sabíamos da nossa condição. Todas as equipes melhoraram e acabamos estacionando. Precisamos dessa confiança para conseguir a vitória. A gente queimou toda a gordura possível que nós tínhamos. É trabalhar, descansar que sexta vai ser outro jogo”, apontou Guilherme Garré.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS