Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

JEJUM DE VITÓRIAS

Leão precisa ficar de olho na matemática com os 18 pontos ainda na disputa

terça-feira, 16/07/2019, 10:03 - Atualizado em 16/07/2019, 14:11 - Autor: Matheus Miranda de Oliveira


A partir dessa 13ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, que para o Clube do Remo inicia nesta sexta-feira (19), em partida marcada contra o Ypiranga-RS, na casa do adversário, o Leão terá em jogo a disputa de três dos 18 pontos restantes da fase classificatória. Com média baseada nas últimas edições da competição, cujos classificados ao mata-mata avançaram de fase com 26 pontos e hoje com um total de 18 no saldo, os azulinos, assim, terão mais que o dobro disponível para a somatória necessária para chegar à segunda etapa.

Veja a galeria do treino

Na teoria, a missão não é tão complicada, acontece que, na prática, a situação remista chega a preocupar pela instabilidade apresentada em campo, algo que fez o time passar da melhor agremiação do campeonato para a pior, em determinados quesitos, além de desperdiçar, no mínimo, seis pontos nos três últimos jogos.

O principal é referente ao aproveitamento recente nas quatro linhas. Em comparação com as demais equipes da sua chave, no decorrer das cinco partidas recentes, das quais o Leão não triunfou em nenhuma, o time vê até Atlético-AC e Luverdense, lanterna e vice, respectivamente, possuírem melhor rendimento, já que os dois times conseguiram, no mínimo, uma vitória no período.

Quanto aos integrantes da zona de acesso, o Remo possui o rendimento mais inferior no returno: com apenas três pontos, menos da metade do Volta Redonda-RJ, que venceu as três partidas da virada de chave, por exemplo. Não por acaso, conforme as estatísticas do site Chance de Gol, hoje, o percentual de classificação do time é menor do que os concorrentes fora do G4, como é o caso do próprio Canário, seu próximo rival, com 56,1 %, e para os remistas 44,4%.

Jogador já está integrado ao elenco azulino
Jogador já está integrado ao elenco azulino Irene Almeida
 


A decaída na tabela, seja na colocação ou pontuação, é espelho do emperro tático/técnico do time em campo, especialmente no setor ofensivo, que passou batido nos dois jogos recentes sem fazer a sua principal função, que é balançar as redes.

ADVERSÁRIO

Na cola dos paraenses, com apenas um ponto de diferença, os jogadores sabem que o Ypiranga vai vender caro o resultado, conforme o jogo em Belém, onde o time conseguiu arrancar o empate contra o Remo na sua melhor fase na competição.

Dessa maneira, com a necessidade de fazer mudanças devido a suspensões e lesões, o técnico Márcio Fernandes espera reencontrar o bom momento nas adversidades. “A gente espera sempre fazer o melhor, independente das circunstâncias. Se você pegar na tabela, todo time passou ou passa por esse momento. Só que um time como o Remo, que briga pela classificação desde o começo do campeonato, precisa passar por ela e é o que vamos fazer nessa semana, para somar a pontuação nessa próxima rodada. Temos que nos reencontrar, resgatar aquela confiança e trazer a nosso favor”, pontuou o comandante.

Estagnação no rendimento tem sido um problema para as pretensões do Remo, que vai poder contar com Higor Felippe no próximo duelo
|
Jogador já está integrado ao elenco azulino
|

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS